PAC-Sonho Meu forma terceira turma de gastronomia amanhã

Clóvis Neto

Desde o início da capacitação, cerca de 60 pessoas foram contempladas com os cursos de geração de renda

Realizado através de parceria entre a Prefeitura de Corumbá e o Governo Federal, o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Sonho Meu forma, às 15 horas desta sexta-feira (09), a terceira turma do curso de gastronomia pantaneira. Nesta etapa, a capacitação atendeu 16 moradoras dos bairros Cristo Redentor, Popular Velha, Popular Nova, Aeroporto, Jardim dos Estados e Nossa Senhora de Fátima.

Desde o início da capacitação, cerca de 60 pessoas foram contempladas com os cursos de geração de renda. Gente como Michele Aparecida Soares Duarte, 24 anos, uma das formandas deste terceiro grupo. “Aprendi muita coisa. Trabalho com alimentos e percebi que precisava me qualificar para continuar no ramo”, disse a jovem. Mãe de 4 filhos, o dinheiro que ela ganha fazendo salgados ajuda no sustento de toda a família.

Lenir Inácio Campos, 42, também participou da qualificação em busca de um lugar no mercado de trabalho. “São novos conhecimentos sobre pratos regionais”, disse. Pelo menos na casa dela, todas as receitas foram aprovadas. “Fiz muita coisa que aprendi aqui e minha família adorou”, continuou a dona de casa.

Outro aluno desta terceira fase é José Monteiro Júnior, de apenas 19 anos. “Não sabia cozinhar nada. Tudo que hoje eu consigo fazer aprendi aqui”, afirmou o jovem, autor do empadão de carne seca, um dos pratos que serão apresentados durante a última aula, que ocorre no Instituto Homem Pantaneiro (IHP).

As aulas são ministradas pela culinarista Lídia Aguilar Leite, responsável pela parte gastronômica do Moinho Cultural. “A primeira coisa que ensinamos é a manipulação dos alimentos. Para isso temos uma parceria com a Vigilância Sanitária, que vem até aqui repassar algumas lições”, explicou. Segundo ela, várias pessoas que passaram pelo curso hoje estão empregadas.

“Temos gente trabalhando em hotéis, restaurantes, lanchonetes e outras inseridas na cooperativa Vila Moinho”, afirmou Lídia. Ao longo das 160 horas/aula da gastronomia pantaneira, 44 receitas foram confeccionadas. “Buscamos valorizar os alimentos da terra, mas com uma nova abordagem, com novos métodos de preparo”, completou.

Na parte estrutural do município, o PAC-Sonho Meu está resultando em investimentos de R$ 28,1 milhões em Corumbá. Os recursos estão sendo aplicados na implantação de 8.430 metros de drenagem; 122 mil metros quadrados de asfalto (76 quadras); construção de um parque urbano no Bairro Popular Velha, com 8,4 hectares; construção de uma escola para 1,2 mil alunos no bairro Aeroporto; construção de creche e reforma e ampliação da praça de esportes do bairro Cristo Redentor. Ao todo, 3,6 mil famílias estão sendo beneficiadas diretamente.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional