Corumbá inicia terceira turma do ProJovem Adolescente no dia 8

Arquivo PMC
 

Com a terceira turma, Corumbá totaliza 400 adolescentes no programa, oriundos das unidades I, Central, Rural e III do CRAS

A Prefeitura de Corumbá inicia, no dia 8 de julho, a terceira turma do ProJovem Adolescente, realizado em parceria com o Governo Federal e que integra um dos quatro eixos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens, lançado em setembro de 2007 pela Presidência da República. O grupo conta com 200 adolescentes com idade entre 15 e 17 anos, oriundos do Programa Bolsa Família e encaminhados pela Rede de Proteção Social (Conselho Tutelar, Medidas Sócio-Educativas e Centro de Referência Especializado de Assistência Social). Eles integram os grupos dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) I, no bairro Centro América, Central, Rural e III, no bairro Generoso.

O programa é coordenado na cidade pela Secretaria Executiva de Assistência Social, ligada à Secretaria Municipal de Ações Sociais, e a aula inaugural está programada para as 13h30, no auditório do Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (Cenper). Esta aula estava programada para sexta-feira (2), mas foi adiada pelo secretário executivo Haroldo Waltencyr Ribeiro Cavassa, em virtude do jogo do Brasil contra a Holanda, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

As atividades serão realizadas nas sedes do CRAS e têm como principal objetivo o fortalecimento dos vínculos familiares e sociais. Os adolescentes participarão de atividades a cargo de orientadores profissionais; oficinas de esporte, cultura e lazer, bem como preparação para formação profissional, atividades em parcerias com as fundações de Esporte de Corumbá (Funec) e de Cultura e Turismo do Pantanal; Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); e Moinho Cultural.

O ProJovem Adolescente substituiu o Agente Jovem, tomando como referência os resultados da pesquisa realizada em 2006, bem como as diretrizes das Políticas de Juventude e de Assistência Social. O serviço busca preservar os aspectos positivos detectados pela pesquisa e enfrentar seus principais desafios, e integra serviço e transferência de renda, exigindo esforço de integração de todos os gestores (municipais, estaduais e federal).

Com esta terceira turma, Corumbá totaliza 400 adolescentes participantes do programa. Conforme informações da Secretaria Executiva de Assistência Social, a primeira turma resultou na formação de 50 adolescentes em 12 de março deste ano. Hoje, a segunda está em andamento nos CRAS I e II, este último localizado no bairro Nova Corumbá, com 150 jovens, cuja formação deverá ocorrer no final do ano, totalizando dois anos de atividades.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional