Congresso em Corumbá discute exportação e sustentabilidade

 Marcos Boaventura
  

 Prefeito Ruiter Cunha de Oliveira foi homenageado pela Associação Comercial de Corumbá na abertura do Iº Congresso da FAEMS

Exportação e sustentabilidade estão sendo discutidos em Corumbá, durante o 1º Congresso da Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso do Sul (FAEMS). O evento está reunindo empresários e representantes das associações comerciais de todo o estado, bem como de outras unidades da federação e até do exterior. A abertura aconteceu na noite de ontem, quinta-feira, e vai até amanhã, sábado, no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez.

O Congresso comemora também o centenário da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, e é uma realização conjunta da FAEMS, ACIC, Prefeitura de Corumbá, Sebrae e Governo do Estado. A programação é extensa. Até amanhã, estão previstas palestras técnicas, workshops, bem como atividades culturais. No âmbito do Mercosul, está previsto o Encontro Internacional de Entidades do Comercio do Mercosul, Câmaras do Comercio Brasil/Bolívia/Paraguai, Rota Bioceânica e a Zona Processamento de Exportação (ZPE).

Temas importantes serão discutidos até amanhã. Entre eles, o papel da Apex, fomento e crédito (Banco do Brasil, Caixa Econômica, Sicredi e Sicoob-PR), desenvolvimento sustentável, motivação e sucesso, papel da mulher empresária, nota fiscal eletrônica e geração de receita, oportunidades de negócios e tendências do comércio varejista do estado, além de painéis como Perspectivas Econômicas para MS e exportação do comércio.

Para o presidente da FAEMS, Leocir Paulo Montagna, o Congresso, além de estar sendo realizado em uma cidade de extrema importância para o País, Corumbá, está permitindo “momento de integração, de troca de experiência, uma oportunidade para discutir assuntos de relevância do setor empresarial”. Comentou também ser um momento para preparar Mato Grosso do Sul “para o mercado competitivo global, para o mundo”. Leocir informou que os temas foram escolhidos estrategicamente, para “conduzir o Estado ao caminho da competitividade”.

Importância

A realização do encontro em Corumbá, na opinião do presidente da ACIC, Alfredo Zamlutti Junior, mostra a importância da cidade e da instituição que preside, “uma das seis mais antigas do País”. Comentou que está possibilitando uma maior “visibilidade da cidade, a nível nacional”, reunindo em um só espaço, palestrantes de alto nível, entre eles, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Luiz Cláudio Sabedotti Fornari, entre outros. “Com este Congresso, Corumbá abre uma nova perspectiva para o Estado”, disse, lembrando inclusive a realização da reunião do Conselho Deliberativo do Sebrae, ocorrido na tarde de quinta-feira, e que tratou de temas importantes para o desenvolvimento econômico regional.

O prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT), participou da abertura do evento e deu uma boa notícia: sua cidade está implantando a Associação Comercial e Empresarial. Assad elogiou o encontro dos empresários e representantes das associações em Corumbá, falou da importância da ACIC para a o crescimento de seu município e da própria população ladarense, e se emocionou ao receber, em nome de seu pai, Joaquim da Costa Faria, uma medalha da instituição corumbaense, pelos relevantes serviços prestados à entidade.

Além de Joaquim da Costa Faria, a instituição prestou homenagens também aos ex-presidentes Armando Anache, Waldir Ramirez, Ruy Waldo Albaneze, Ivan Marinho. Salustiano Maciel, fundador da instituição, também foi homenageado. Quem recebeu a comenda foi seu bisneto, Marcelo Dantas. Outro lembrado foi Alfredo Zamlutti, pai do atual presidente.

Presente à abertura, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira foi outro homenageado pela Associação Comercial. A atuação do chefe do executivo corumbaense foi elogiada por Ivan Marinho. Segundo o ex-presidente, período de 2000 a 2006, a Prefeitura, por intermédio do prefeito, “não mediu esforços em nos apoiar, doando veículos (dois), sorteados pela Associação Comercial, nas campanhas realizadas nos finais de ano, para a população”. Fez também uma ressalva ao Governo da época, que todos os anos, “doava três automóveis à Federação, para sorteios no Mato Grosso do Sul”.

A abertura foi prestigiada por um grande número de autoridades, entre as quais, a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa, de Desenvolvimento Agrário, da Produção e Turismo, que representou o governador André Puccinelli; Paulo Antunes Siqueira, superintendente da Caixa Econômica Federal; vereador Carlos Alberto Machado, vice-presidente da Câmara; secretários municipais, empresários, entre outros.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional