Saúde vacina crianças com menos de 5 anos contra gripe suína

Crianças de dois anos a menores de cinco anos já podem ser vacinadas contra a gripe A – Influenza A (H1N1), conhecida com gripe suína. A imunização acontece nas unidades de saúde de Corumbá e vai até o dia 2 de julho. A ampliação foi anunciada pelo ministro José Gomes Temporão, de Saúde, no último final de semana, e no Município, a Secretaria Executiva de Saúde Pública da Prefeitura, mantém também a imunização nas demais faixas, atendendo pessoas com idade igual e superior a 60 anos, gestantes, jovens de 20 a 29 anos, pessoas com doenças crônicas, adultos com idade entre 30 e 39 anos, e crianças com idade entre seis meses e menores de dois anos.

As crianças de dois anos até quatro anos e 11 meses, que começam a ser vacinadas nesta segunda-feira, estão na faixa etária que apresenta maior vulnerabilidade a desenvolver complicações pela gripe H1N1, depois dos grupos prioritários já incluídos anteriormente na campanha de vacinação. Para o novo grupo, serão utilizadas 10,8 milhões de doses da vacina pertencentes ao estoque estratégico do Ministério da Saúde, reservadas para eventualidades durante a campanha.

Ao todo, há 9,6 milhões de crianças brasileiras nesta faixa. É importante ressaltar que este grupo é imunizado com duas meias doses da vacina. Por isso, 21 dias depois da primeira aplicação, as crianças precisam ser levadas de novo aos postos para tomar a segunda meia dose. O Ministério da Saúde recomenda que todos os municípios do país promovam, nesses últimos dias, estratégias como a busca ativa para vacinar pessoas dos grupos prioritários que ainda não tiveram as metas atingidas.

Em Corumbá, a vacinação acontece nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) São Bartolomeu, na Rua Pernambuco, no bairro João de Deus; Fernando Moutinho, na Rua Rio Grande do Sul, no Cristo Redentor; Paulo Maissato, na Rua Ciríaco de Toledo, no Nova Corumbá; Kadiwéus, na Rua Ciríaco de Toledo, no Kadiwéus; Dom Bosco, na Alameda Laranjeira, no Dom Bosco; Ladeira Cunha e Cruz, no centro; Humberto Pereira, na Rua Luiz Feitosa Rodrigues, no Nossa Senhora de Fátima; Luis Fragelli, na Rua Eugênio Cunha, no Universitário; Vitória Régia, no conjunto Vitória Régia; Centro de Saúde da Mulher, na Rua XV de Novembro, no centro; João de Brito, no Aeroporto; Beira Rio, na Rua Dom Aquino, centro, e Gastão de Oliveira, na Rua Nossa Senhora da Conceição, bairro Maria Leite.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional com informações do Ministério da Saúde