Prefeitura inaugura quadra coberta no Urucum nesta terça-feira

Clóvis Neto
 

Na construção da quadra (semelhante à do assentamento Taquaral), a prefeitura investiu R$ 257.107,96, com recursos próprios e do Fundeb

A partir desta terça-feira (27), cerca de 450 alunos da Escola Municipal Rural Carlos Cárcano e Extensões, no assentamento Urucum, terão uma nova realidade em seu dia-a-dia para a prática de esportes e de atividades culturais e de lazer. Às 10 horas, a Prefeitura de Corumbá entrega à comunidade, por meio da Secretaria Executiva de Educação, ligada à Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania, uma quadra poliesportiva coberta. Considerada a concretização de um sonho, a obra vai proporcionar mais qualidade de vida aos moradores, por meio da prática de atividades que estimulam e valorizam a saúde física e mental de alunos, professores e toda a família.

Na construção do equipamento esportivo, a prefeitura investiu R$ 257.107,96, com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização do Profissional da Educação (Fundeb) e do próprio orçamento. A quadra inclui cobertura em estrutura pré-moldada de concreto armado, telhas e cumeeiras de aço galvanizado, configurando-se como um local amplo, moderno e seguro. Conforme a Secretaria Executiva de Educação, a obra naquela unidade escolar era considerada fundamental pela Administração municipal, por sua posição estratégica na região do Urucum e para a melhoria das condições de aprendizado e de saúde.

Na ocasião, a prefeitura entrega também o kit de material didático dos Programas Se Liga e Acelera Brasil, desenvolvidos em parceria com o Instituto Ayrton Senna. O ato simboliza a entrega do material às 17 unidades escolares urbanas e rurais da Rede Municipal de Ensino (REME) de Corumbá que participam dos programas, contemplando cerca de 500 alunos. O Programa Se Liga objetiva a alfabetização de crianças das séries iniciais do ensino fundamental com distorção idade/série, considerando o fato de ser o “analfabetismo o maior vilão da educação pública no Brasil, que pune as crianças com a repetência, o difícil recomeço todos os anos, a insegurança e a baixa auto-estima”.

De acordo com o instituto, o programa tem feito milhares de crianças voltarem a acreditar que são capazes de aprender, pois alfabetiza aquelas com distorção idade/série e provoca mudanças na educação formal. Já o Programa Acelera introduz na rede educacional uma cultura de gestão eficaz, focada em resultados, que combate os principais problemas do sistema de ensino: os baixos níveis de aprendizagem, a repetência e a distorção idade/série de crianças e jovens que não frequentam a série escolar correspondente à idade. Por meio do programa, os alunos lêem, em média, 45 livros ao ano, enquanto que os brasileiros lêem cerca de dois livros anualmente.

O Acelera Brasil e o Se Liga foram implantados nas unidades urbanas e rurais da REME neste ano letivo de 2010. Para assegurar seu êxito, foram instituídos supervisores para acompanhamento e orientação aos professores, que receberam capacitação dos consultores do Instituto Ayrton Senna e participam de formação continuada sobre a metodologia dos programas e a utilização adequada do material didático entregue aos alunos e professores. Dessa maneira, a prefeitura, em parceria com o Instituto Ayrton Senna, propicia aos alunos da rede municipal a oportunidade de experimentar o que é seu direito: aprender de fato e passar de ano.

Gesiel Rocha – Subsecretaria de Comunicação Institucional