Prefeitura realiza ação contra doença de chagas na área rural

Uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), ligado à Secretaria Executiva de Saúde Pública da Prefeitura de Corumbá, realiza nesta quinta-feira (25) uma ação preventiva na região do assentamento Tamarineiro II Sul contra a doença de chagas. O trabalho está sendo realizado por meio de borrifação em um lote na região, local onde foi capturado um inseto da subfamília triatominae, conhecido como barbeiro.

O inseto foi capturado por um agente comunitário de saúde da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do assentamento Taquaral, que o encaminhou ao CCZ para análise. “Foi feito um exame e não foi detectado qualquer traço da doença. Mesmo assim, é preciso realizar a borrifação na área, para eliminar outros possíveis focos”, explicou a chefe do setor, Grace Bastos.

A ação faz parte do projeto de Vigilância Entomológica de Vetores Triatomíneos e Controle da Doença de Chagas, elaborado por duas profissionais do CCZ, visando ao controle e combate à doença. Grace destacou que os trabalhos estão sendo realizados em parceria com as equipes do ESF do Taquaral, principalmente pelo fato de que são os agentes que conhecem a região e mantêm um cadastro de todas as famílias.

“Esta parceria está sendo de extrema importância”, explicou Grace. Conforme ela, o trabalho conjunto com os agentes permite agilizar o atendimento, inclusive com redução de gastos, principalmente com combustível. “Estamos realizando serviços em regiões já previamente estabelecidas pelos próprios agentes que, diariamente, estão em contato com a comunidade da zona rural”, observou.

Ação completa

A chefe do CCZ lembra que, por meio desta parceria com os agentes comunitários, a instituição está realizando outras ações na região. “Encerramos uma primeira etapa na área, atendendo o Tamarineiro e o Taquaral. No primeiro local, efetuamos vacinação contra raiva animal em 203 cães e 59 gatos, além de realizarmos coleta de sangue para diagnóstico da leishmaniose de dois animais”, explicou. Na área, foram capturados 17 animais.

Já no Taquaral, foram vacinados 114 cães, 35 gatos e capturados 12 animais. “Com a parceria deles, estamos indo nos locais certos, já previamente agendados. Isto representa um atendimento mais rápido e eficaz. Além do mais, a ação nos permite ter uma planilha de toda a área, para futuras ações”, comentou.

Na próxima semana, o mesmo trabalho ocorre na região do Paiolzinho e Jacadigo, áreas também atendidas pela ESF do Taquaral. Mais uma vez, o CCZ vai disponibilizar vacinas anti-rábicas, agentes de endemias e carrocinha para captura de animais vadios. “Após fecharmos esta região, iremos para a área de atuação da Estratégia de Saúde da Família do Urucum. Vamos atender não só o Urucum, mas também as regiões de Albuquerque, Maria Coelho e São Gabriel”, completou.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional