Parceria fortalece educação na região ribeirinha, avalia Ruiter

Clóvis Neto

“Com esta parceria (Fundação Bradesco e Acaia), temos uma escola que funciona em tempo integral no coração do Pantanal”, disse Ruiter

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) assinou, no fim da tarde desta quinta-feira (4), o protocolo de cooperação mútua com a Fundação Bradesco e o Instituto Acaia Pantanal. Por meio do programa Educa+Ação, 38 alunos da extensão rural Jatobazinho – localizada na região do Paiaguás, no meio do pantanal sul-mato-grossense – terão a oportunidade de estudar em sistema de internato. A cada dois meses, os estudantes terão folga e voltarão às suas casas. Neste período, os cinco professores e dois coordenadores da extensão, que pertence ao Polo Porto Esperança, passarão por capacitações e avaliações programadas pela parceria.

“O Educa+Ação é voltado à capacitação do professor. Por meio do material didático específico do programa, buscamos passar aos educadores um método diferente de ensinar e repassar o conteúdo sugerido para cada série. Para isso, são feitos treinamentos com os profissionais, além de visitas e avaliações dos alunos”, explicou a coordenadora do programa, Maria Cristina Telles. “A cada dois meses vamos acompanhando a evolução dessas crianças e definindo a estratégia que pode ser utilizada dependendo dos resultados”, complementou.

A superintendente executiva da Fundação Bradesco, Ana Luisa Restani, detalhou que o Educa+Ação tem o objetivo principal de alfabetizar crianças da rede pública de ensino de até oito anos de idade. A iniciativa, implantada em 2007 por meio de um projeto piloto, envolve atualmente 61 escolas municipais de oito cidades do Vale do Ribeira e do Embu, ambos no Estado de São Paulo, e de Mato Grosso do Sul. Além de Corumbá, o programa também foi implantado em Ivinhema e Angélica. “As escolas participantes recebem toda a metodologia de ensino e o material escolar utilizado nas 40 escolas da Fundação Bradesco”, comentou.

A diretora do Instituto Acaia Pantanal, Teresa Cristina Ralston Bracher, vê a união entre Prefeitura de Corumbá, Bradesco e Acaia como um “modelo de parceria público-privada”. “Todos aqui estamos do lado da escola pública, mostrando que é possível proporcionar um ensino gratuito de qualidade”, afirmou. No Jatobazinho, o instituto, fundado em São Paulo, tem a parceria do Morro Vermelho S.A., empresa do grupo Camargo Corrêa, e da OGX, empresa do Grupo EBX. O Educa+Ação já beneficiou cerca de 1 mil alunos das primeiras séries do ensino fundamental e atendeu, somente em 2009, 3 mil alunos da rede pública municipal.

Para o prefeito Ruiter, a iniciativa favorece diretamente os moradores da região do Paiaguás. Lembrando que o local é de difícil acesso e que a locomoção dos estudantes da escola para casa (quase toda feita pelo Rio Paraguai) seria uma dificuldade a mais no processo de aprendizagem, Ruiter afirmou que o sistema de ensino privilegia a educação e dá melhores condições às crianças que vivem naquela região.

“Com esta parceria, temos uma escola que funciona em tempo integral no coração do Pantanal”, afirmou, acrescentando: “Felizmente temos conseguido levar educação para todos os locais do nosso município, até para os mais distantes. Neste caso, a participação da Fundação Bradesco e da Acaia são muito importantes”.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional