Governo Federal destina duas ambulâncias para Samu de Corumbá

 Fotos: Marcos Boaventura
  

 As duas ambulâncias já estão em Corumbá

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez ontem, quinta-feira, em Tatuí, São Paulo, a entrega de 16 ambulâncias para Mato Grosso do Sul, que serão utilizadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Doze cidades do Estado estão sendo contempladas e, entre elas, Corumbá, que está sendo beneficiada com duas unidades. A solenidade ocorreu à tarde e contou com a presença do secretário executivo de Saúde Pública corumbaense, Lauther Serra, que representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), que cumpria agenda em Brasília.

Para o secretário, as ambulâncias serão de suma importância para implantação do sistema na cidade, inclusive para a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h), em fase de implantação na cidade, responsável pelo atendimento da população da parte alta, bem como pacientes vítimas de acidentes na BR-262 e das empresas de mineração e frigoríficos localizados na região.

O UPA 24h faz parte de um programa voltado à melhoria da qualidade de prestação de serviços na área de Saúde, juntamente com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu Pantanal. A gestora do SAMU é enfermeira Tatiana da Silva Santos. Conforme ela, uma das medidas será a implantação do setor de Classificação de Risco em Urgências, “para que os pacientes possam ser atendidos conforme a gravidade, e não mais por ordem de chegada”, proposta do Ministério da Saúde que deve ser adotada em Corumbá a partir deste ano.

Contará com salas estruturadas para intervenções de emergência, Raio X, nebulização, sala de procedimentos, de administração de medicamentos, entre outros. Ela lembra ainda que a unidade é um dos componentes da Política Nacional de Atenção às Urgências, sendo uma das prioridades do Ministério da Saúde na tentativa de configurar resolutividade na atenção às urgências, bem como diminuir a superlotação nos grandes hospitais.

Outras cidades

Além de Corumbá, foram beneficiadas tambpém pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, as cidades de Campo Grande, que recebeu quatro veículos; Aquidauana, Coxim, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Sidrolândia e Terenos, uma ambulância para cada. Com o recebimento das 16 unidades, o Estado passa ter uma cobertura de 64,13%, atingindo cerca de 1,5 milhão de pessoas. Agora, a frota é de 33 veículos.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional