Diocese de Santa Cruz de Corumbá comemora centenário em abril

O centenário da Diocese de Santa Cruz de Corumbá será comemorado com uma intensa programação no período de 4 a 11 de abril. As celebrações estão a cargo da própria Diocese, que conta com a parceria das Prefeituras de Corumbá e de Ladário. As atividades serão abertas às 12 horas do dia 4, um domingo, com um almoço de confraternização no Colégio Salesiano de Santa Teresa, e prosseguem até o dia 11, com uma Celebração Eucarística, com o padre Antônio Maria e a banda Rosa de Saron, no Estádio Arthur Marinho, a partir das 18 horas.

A programação, conforme o bispo Dom Segismundo Martinez Alvarez, prevê muitas celebrações e festividades. Durante toda a semana, de 4 a 11 de abril, a população corumbaense e ladarense contará com intensas atividades. Para os dias 5, 6 e 7, sempre a partir das 20h, Vigília de preparação do centenário, com apresentações das bandas da Marinha, na Paróquia São João Bosco; do Exército, na Nossa Senhora de Fátima, e da banda municipal Manoel Florêncio, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, respectivamente.

No dia 8, quinta-feira, acontece o lançamento do Brasão Oficial da Diocese de Santa Cruz de Corumbá, exposição de quadros e fotos da Diocese e apresentação da Orquestra de Violinos do Moinho Cultural, a partir das 20h, no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez. Para o dia 10, sábado, está prevista uma Celebração Eucarística da Vigília do Centenário com as presenças de bispos visitantes, a partir das 19h, em todas as paróquias.

A Diocese de Santa Cruz de Corumbá foi criada no dia 5 de abril de 1910, por meio da Bula Papal “Novas Constituere”. Na época, a diocese abrangia a área que hoje corresponde ao Estado de Mato Grosso do Sul. Inicialmente, era formada por quatro paróquias: São José (Campo Grande), Nossa Senhora do Carmo (Miranda), Santa Rita (Nioaque) e Santa Ana (Paranaíba).

Cinquenta anos depois, foi desmembrada nas dioceses de Campo Grande e Dourados. Posteriormente, foram criadas as Dioceses de Três Lagoas e Coxim e, por fim, há 25 anos, a Diocese de Jardim.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional (Com informações da Canção Nova)