Corumbá forma primeira turma do Projovem hoje às 18 horas

Clóvis Neto
 

Iniciado em agosto de 2009, o programa possibilitou a formatura de 828 pessoas em cursos desde Telemática até Construção e Reparos

Uma solenidade às 18 horas desta sexta-feira (12) marca a formatura da primeira turma do Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã, programa realizado em parceria pela Prefeitura de Corumbá e o Governo Federal, por meio do Ministério do Trabalho e Emprego. O evento ocorre no Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer Nação Guató, e está prevista a presença do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e dos deputados Paulo Duarte (estadual, PT) e Dagoberto Nogueira (federal, PDT).

Iniciado em agosto de 2009, o Projovem possibilitou a formatura de 828 pessoas nos cursos de Meio Ambiente, Saúde e Promoção da Qualidade de Vida, com 269 concluintes; Turismo e Hospitalidade, com 231; Telemática, com 220; e Construção e Reparos, com 108 pessoas capacitadas. O programa atendeu jovens com idade entre 18 e 29 anos, por meio de um processo iniciado naquele ano, com a inscrição de 2.113 pessoas. Desse total, 1.268 foram selecionadas e 1 mil matriculados.

Os cursos propiciaram formação nas seguintes áreas: Telemática (operador e assistente em microcomputador, revendedor de celular e em lojas de informática); Meio Ambiente, Saúde e Promoção da Qualidade de Vida (visitador sanitário, recepcionista de consultório médico, atendente de farmácia e agente ambiental); Turismo e Hospitalidade (auxiliar de garçom, guia de turismo e organizador de eventos); e Construção e Reparos (pintor, gesseiro, manutenção em edificações e ladrilheiro). Todas as áreas foram criteriosamente estudadas e pesquisadas de acordo com o mercado de trabalho corumbaense.

As aulas foram realizadas em quatro polos da cidade e ministradas pelo Serviço Nacional Aprendizagem Comercial (Senac). Foram 33 turmas, sendo 13 no Colégio Imaculada Conceição (Cenic), 13 na Escola Municipal Luis Feitosa Rodrigues, quatro no próprio Senac e três no Instituto Homem Pantaneiro – Moinho Cultural. A conclusão ocorreu em fevereiro, após 350 horas/aula, sendo 250 horas de qualificação profissional e 100 horas de qualificação social.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional