Berçário é fruto de mais uma parceria entre Prefeitura e Agepen

Gilson de Carvalho
 

“Aproveitem ao máximo o período de amamentação no novo espaço, para fortalecer os laços de amor pelos filhos”, pediu Beatriz

O berçário Cantinho Doce, implantado pela Prefeitura de Corumbá no Estabelecimento Penal Feminino, é fruto de um convênio firmado com a Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen), e atende a solicitação da direção da instituição. “Fizemos algumas adaptações ao projeto inicial, que foi aprovado pelo prefeito Ruiter (Cunha de Oliveira – PT) e pelos membros do Fundo Municipal de Investimento Social (FMIS). Assim, o berçário se transformou em um cantinho infantil e digno para atender crianças e mães que aqui se encontram”, explicou a secretária especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira.

Na solenidade de inauguração da obra, ocorrida na tarde desta quarta-feira (10), Beatriz estava emocionada. Em seu discurso, dirigiu-se às mães presentes ao ato, juntamente os filhos, e pediu que aproveitem ao máximo o período de amamentação no novo espaço, “em momentos importantes para fortalecer os laços de amor pelos filhos”. Ela enalteceu o apoio do prefeito Ruiter, que considerou uma pessoa “sensível às causas sociais, à causa das crianças e da mulher”, e agradeceu o diretor-presidente da Agepen, Deusdete Oliveira, por ter cedido o espaço que “vai adoçar a vida das mulheres internas”.

Quem também destacou a importância da obra foi o vereador Carlos Alberto Machado (PT), presente ao evento juntamente com o colega João Bosco da Silva e Souza (PT). “O berçário será um espaço agradável para os filhos dessas mães que estão aqui de passagem. É nossa responsabilidade lutar sempre pelo bem estar das crianças e esta é mais uma prova de que nosso prefeito e sua equipe estão praticando uma política voltada ao atendimento das necessidades da população”, afirmou.

A diretora da unidade, Laila Ramos Hassan, informou que, de imediato, cinco crianças serão atendidas pelo berçário. Outras sete estão sendo atendidas em uma creche mantida pelo Município, fora do estabelecimento, e são conduzidas por um veículo da prefeitura, acompanhadas por uma representante da Pastoral da Criança. “Em breve, mais duas internas, que estão grávidas, também serão beneficiadas pelo berçário, um diferencial dentro do nosso estabelecimento”, disse.

Leila lembrou ainda que seis internas passarão por uma capacitação oferecida pela Secretaria Executiva de Educação da Prefeitura, para trabalhar no local. Pelo trabalho, elas receberão remição da pena de um dia para cada três trabalhados. Atualmente, o estabelecimento tem 145 internas em regime fechado e 23 no semi-aberto.

Para Francieli Maciel Rodrigues, o berçário Cantinho Doce será importantíssimo para sua filha, Suane Iasmim Macial Rodrigues, com apenas um mês e 16 dias. “Será melhor agora, que ela terá um lugar para ficar, fora da cela”, comentou. Mirian Eliane Casanova, mãe de José Gabriel, de cinco meses, completou: “A partir de agora, meu filho terá muito mais espaço. E será muito melhor até para a amamentação”.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional