Vila Mamona “joga cartas na mesa” no Carnaval dos Carnavais

Marcos Boaventura
 

Com cerca de 1,1 mil componentes, a Vila trouxe cinco carros alegóricos, 150 ritmistas e 16 alas para a Avenida General Rondon

Fundada em 8 de agosto de 1981, o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Unidos da Vila Mamona foi a segunda agremiação a desfilar na noite de segunda-feira (15) pela passarela pantaneira do samba do Carnaval 2010 de Corumbá. Em busca de seu 16º triunfo na folia corumbaense, a “Águia”, como também é conhecida pelos foliões, apresentou o enredo “Carnaval dos Carnavais, Folias em Corumbá”.

Com aproximadamente 1,1 mil componentes, a Vila trouxe cinco carros alegóricos, 150 ritmistas e 16 alas para a Avenida General Rondon. A proposta para este ano foi dividir a escola em seis setores: Era Uma Vez; O Início; Carnaval de Rua e Outrora; Carnaval de Clubes (Salão); Carnaval de Rua e Clubes e Carnaval de Rua.

Na comissão de frente, 12 bailarinos mostraram a cultura e a folia da mais popular festa do mundo. Representado pelo palhaço, figura que contagia e diverte o povo, a escola entrou “jogando as cartas sobre a mesa”, como diz seu samba-enredo. O primeiro casal de mestre sala e porta bandeira, Evaldo dos Santos Ribeiro e Fernanda Charbel, representou o beija-flor em busca do néctar das flores. Com o brasão da escola nas mãos, os dois remeteram à Corte de Momo, peça fundamental do Carnaval de Corumbá.

No carro abre-alas, a Águia, toda em dourado, bateu as asas e carregou fantasias típicas das festas do século passado. A rainha da bateria mais uma vez foi Cartilene Ana Diniz. Lucila Lepaus é a presidente da Vila Mamona e Frans Fabian e Ricardo Vilalva os carnavalescos. As cores da escola são o vermelho, o verde e o branco.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional