Ruiter: ação do Exército contra dengue é exemplo a ser seguido

Marcos Boaventura
 

“Esta iniciativa mostra que o Exército está preocupado em melhorar a saúde da população, e isso interessa a todos nós”, disse o prefeito

O Dia D de Combate à Dengue, que está sendo realizado pelo Exército Brasileiro durante toda esta sexta-feira (26) em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, é um exemplo para outros segmentos da sociedade, que devem se unir aos organismos públicos, visando ao combate à doença. Foi o que afirmou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), durante o ato no 17º Batalhão de Fronteira que marcou o início das ações em Corumbá, que vão resultar na eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti em imóveis da instituição militar, bem como naqueles localizados nas imediações.

A abertura dos trabalhos foi conduzida pelo general Roberto Jungthon, comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira. A ação conta com apoio da Prefeitura Municipal, que disponibiliza uma equipe composta por agentes de endemias e de saúde e servidores da Secretaria Executiva de Infraestrutura e Serviços Urbanos, e integrantes da Brigada de Combate a Incêndio no Pantanal (Prevfogo).

“É uma iniciativa do Comando Militar do Oeste e, em Corumbá, mais uma vez o Exército é parceiro nas ações desenvolvidas pelo Poder Público, principalmente em relação ao combate a doenças, como no caso específico da dengue”, afirmou o prefeito. Ele lembrou que, atualmente, uma mega-operação está em plena execução na cidade, com a participação de militares do Exército e da Marinha e, agora, “eles estão dedicando um dia de suas atividades para combater um problema sério, a dengue”.

Ruiter considerou a iniciativa de extrema importância e enfatizou que deve servir de reflexão para toda a população. Ele entende que a dengue é um problema nacional e que a sociedade deve se preocupar em evitar a proliferação do mosquito. Conforme ele, a comunidade deve se engajar, seguindo o exemplo do Exército Brasileiro, e auxiliar a Saúde Pública no combate à doença.

“Esta iniciativa mostra que o Exército também está preocupado em melhorar a saúde da sociedade brasileira. É importante que todos tenhamos esta preocupação, esta responsabilidade para o mosquito não proliferar. A dengue não é um problema apenas do Poder Público. Todos nós devemos estar juntos nesta batalha. O que o Exército está fazendo hoje deve servir de lição para todos nós”, completou o prefeito, que fez questão de agradecer ao general Roberto Jungthon o apoio que a prefeitura tem recebido da instituição militar.

Multiplicar conhecimento

Jungthon, por sua vez, pediu aos militares integrantes da operação que dêem prosseguimento ao trabalho de combate à dengue. Ele explicou que a ação não deve se resumir somente a esta sexta-feira. “É preciso repassar os conhecimentos adquiridos aos familiares, amigos, aos alunos das escolas, disseminando o conhecimento para que possamos ampliar o combate”.

O general lembrou, ainda, que o Dia D é mais uma etapa dos trabalhos que a instituição militar vem realizando na cidade em parceria com a prefeitura, e pregou uma parceria maior ainda, conclamando todas as instituições para atuar contra a doença. “Sozinhos não há como vencer. Vamos trazer mais combatentes a esta causa para lutar e vencer”, enfatizou.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional