Alunos e professores da Reme voltaram às salas de aula hoje

Às 7 horas desta sexta-feira (5), cerca de 18 mil alunos ocuparam as salas de aula das 22 escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme), sendo 16 na área urbana e seis na zona rural, dando início ao ano letivo de 2010. Mesmo com algumas unidades em reforma ou ampliação pela Prefeitura de Corumbá, para melhor atender a comunidade escolar, eles aproveitam a ocasião para se apresentar e conhecer os professores, além de se ambientar à escola e à sala de aula. “As salas já estão em condições de receber os alunos, e as reformas prosseguem normalmente, pois ocorrem do lado externo”, afirmou o secretário executivo de Educação, Hélio de Lima.

Desde a última segunda-feira (1º), professores e outros profissionais da Reme participaram de reuniões e cursos de formação continuada. As atividades fizeram parte do planejamento das atividades pedagógicas, visando à melhoria dos resultados da aprendizagem e dos indicadores do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que avalia a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino. Eles também ajudaram os técnicos da Secretaria Executiva de Educação na definindo do planejamento anual, incluindo calendário escolar, interação entre as áreas de conhecimento, diretrizes curriculares e livros didáticos, além da sugestão de trabalhos pedagógicos.

Investimentos

Para dotar a rede de ensino de todas as condições físicas para o atendimento satisfatório dos alunos, a prefeitura está investindo R$ 2,65 milhões na estrutura física das escolas e creches da Reme. As obras começaram antes mesmo do fim de 2009 e estão sendo realizadas com recursos do Fundo Municipal de Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), cujos investimentos foram anunciados naquele ano pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT).

Com relação à Creche e Pré-Escola ServCarmo, no bairro Aeroporto, Hélio lembrou que o atendimento começa em 1º de março. Além da reforma, a prefeitura está ampliando a instituição, com a construção de quatro novos blocos, totalizando 2.334 metros quadrados. O investimento é de R$ 1.330.229,62, dos quais R$ 625 mil são recursos próprios do Município e o restando do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que permitirá aumentar em mais de quatro vezes a capacidade de atendimento aos moradores do bairro Aeroporto, beneficiando cerca de 600 famílias.

Gesiel Rocha – Subsecretaria de Comunicação Institucional