Ação que dará registro a filhos de bolivianos ocorre no domingo

Uma ação que será realizada entre 10h e 16 horas deste domingo (28) vai garantir o registro de nascimento de Filhos de pais bolivianos nascidos no Brasil. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, por meio da Subsecretaria de Ações da Cidadania, ligada à Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania, o Consulado Boliviano, o Cartório de Registro Civil de German Bush, a Pastoral da Mobilidade Humana, o Centro Boliviano 30 de Marzo e a Feira Brasbol. A campanha ocorre no Centro Boliviano, localizado na Rua Joaquim Murtinho, 192, entre as ruas 21 de Setembro e Luiz Feitosa Rodrigues.

“O registro é voltado a crianças com até 12 anos de idade, filhos de pai ou mãe bolivianos, e totalmente gratuito”, explica o subsecretário de Ações da Cidadania, Arthuro Castedo Ardaya. “Nossa intenção é que essas pessoas tenham conhecimento de sua cidadania, pois queremos que esses descendentes exerçam esse direito, essa oportunidade de serem reconhecidos oficialmente como um boliviano nascido em outro país”, continuou. Para fazer o registro, os responsáveis deverão ter em mãos o atestado de Nascido Vivo e a certidão de nascimento do pai ou da mãe nascidos no país vizinho.

O cônsul boliviano Juan Carlos Mérida Romero explica que o reconhecimento da cidadania boliviana permite o acesso a vários benefícios oferecidos pelo governo daquele país. “Hoje existem filhos de bolivianos que vivem e trabalham lá e não têm acesso aos serviços porque não possuem a documentação”, afirma. Para o coordenador da Pastoral da Mobilidade, padre João Marcos Cemadon, a campanha é importante “para fazer com que o boliviano perca o medo de demonstrar sua origem” e para “superar a discriminação e o sofrimento” vividos por aquele povo.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional