Ruiter prega conscientização da população no combate à dengue

  Clóvis Neto
  

No lançamento da mega-operação, o prefeito destacou a necessidade de a população unir forças às equipes que participarão da iniciativa

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) quer a população engajada nas ações de prevenção e combate à dengue, para evitar que Corumbá volte a sofrer uma epidemia como ocorreu em 2009. Na manhã de hoje (6), ele participou do ato de lançamento de uma mega-operação na cidade, envolvendo cerca de 500 pessoas que, até o final de março, intensificar os trabalhos de combate à doença.

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) quer a população engajada nas ações de prevenção e combate à dengue, para evitar que Corumbá volte a sofrer uma epidemia como ocorreu em 2009. Na manhã de hoje (6), ele participou do ato de lançamento de uma mega-operação na cidade, envolvendo cerca de 500 pessoas que, até o final de março, intensificar os trabalhos de combate à doença.
O lançamento da ação ocorreu no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez e, na oportunidade, Ruiter destacou a importância de toda a população estar conscientizada, unindo forças às equipes que participarão da iniciativa. Segundo ele, a dengue é um problema que afeta a todos e que, por isso mesmo, é preciso que a comunidade esteja “articulada, envolvida”.

“Não basta apenas o Poder Público fazer a sua parte. É fundamental que a sociedade, que o cidadão também participe. Temos que nos conscientizar que o problema é de todos”, disse o prefeito, solicitando à comunidade não só de Corumbá, mas também de Ladário, que mantenha seus terrenos e quintais limpos, livres de recipientes que possam servir de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

O chefe do Executivo municipal Lembrou que os trabalhos de prevenção e combate à doença são constantes em Corumbá. “O que estamos fazendo agora, é intensificar essas ações e contamos com a parceria da população para evitarmos nova epidemia da dengue, como ocorreu em 2009”, reforçou.

Entre as quase 500 pessoas envolvidas na mega-operação, estão servidores municipais, militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, alunos do Projovem Trabalhador, profissionais da Brigada de Combate a Incêndio no Pantanal (Prevfogo), da empresa Unipav (limpeza pública), Cimentos Itaú (Grupo Votorantim) e integrantes do Projeto Se Essa Rua Fosse Minha. Eles serão responsáveis pela visitação a aproximadamente 50 mil imóveis até o fim de março, período considerado crítico em virtude das chuvas, quando surgem os focos da doença.

Ao destacar a relevância da iniciativa, o prefeito agradeceu o apoio dos parceiros, como as Forças Armadas, “sempre presentes, ajudando-nos a combater não só a dengue, mas também nos auxiliando em outras ações na cidade e também em Ladário, e que sabíamos que não faltariam em um momento como este”. Ruiter citou também a Votorantim, a Unipav e a Prevfogo, todos importantes para vencer a luta contra a doença.

Por fim, o prefeito demonstrou preocupação com o país vizinho, a Bolívia. É que Puerto Quijarro e Puerto Suarez, municípios na fronteira com Corumbá, também enfrentam os problemas com a dengue e, diante da pouca estrutura de prevenção e combate, será preciso “auxiliá-los para que consigamos passar este período crítico, concluindo esta ação intensificada com êxito”.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional