Prefeitura inicia levantamento para combater a dengue na cidade

A Prefeitura de Corumbá iniciou hoje (5), o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), fundamental para colocar em prática o projeto “Ações intensificadas no Combate a Dengue”, que será lançado às 8h30 desta quarta-feira, no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez. O trabalho está sendo desenvolvido por agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Executiva de Saúde Pública, e o resultado será divulgado na próxima sexta-feira (8).

A gerente de Vigilância em Saúde da prefeitura, Viviane Ametlla, explica que o LIRAa vai permitir a prática de ações mais especificas de combate ao mosquito transmissor da dengue, ao longo dos próximos três meses. Conforme ela, o trabalho vai envolver 477 pessoas, entre servidores municipais, militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, alunos do Projovem Trabalhador, profissionais da Brigada de Combate a Incêndio no Pantanal (Prevfogo), da empresa Unipav (limpeza pública) e integrantes do Projeto Se Essa Rua Fosse Minha.

O LIRAa está sendo realizado em toda a cidade, que foi dividida em quatro setores. Por meio do levantamento, serão adotadas estratégias específicas, principalmente para as áreas com maior incidência de proliferação do Aedes aegypti. Pelo último trabalho realizado, em novembro de 2009, os reservatórios de água localizados ao nível do solo em Corumbá foram apontados como os principais focos de criadouros do mosquito. Na época, o índice de infestação predial foi de 1,5%, considerado de médio risco por parte do Ministério da Saúde.

Durante três dias, os agentes levantaram os índices do setor 1, no centro da cidade; setor 2, formado pelos bairros Beira Rio, Cervejaria, Dom Bosco, Generoso, Arthur Marinho, Aeroporto, Tiradentes, Fátima, Nossa Senhora de Fátima e Popular Nova; setor 3, Guató, Guanã, Kadiwéus, Nova Corumbá, Guarani, Jardim dos Estados, Jardinzinho, Popular Velha, Otacílio e São Vicente; e setor 4, formado pelos bairros Universitário, Maria Leite, Centro América, Cristo Redentor, Previsul e Cravo Vermelho.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional