Prefeitura entrega kits de uniformes a 360 servidores da Saúde

  Rodrigo Nascimento
  

 Entrega simbólica foi nesta segunda-feira, no auditório da prefeitura

A Prefeitura de Corumbá entregou, nesta segunda-feira (18), uniformes para 360 servidores da Secretaria Executiva de Saúde. Até o fim desta semana, todos os servidores das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) receberão as camisetas e os jalecos disponibilizados pelo Município. Conforme o secretário executivo de Saúde, Lauther da Silva Serra, a iniciativa vai facilitar a identificação dos funcionários das Unidades de Saúde e, consequentemente, melhorar o atendimento ao público.

Em breve, os agentes comunitários de saúde receberão bolsas e coturnos, materiais necessários para o desempenho de funções específicas, principalmente o combate à dengue e outras endemias. Os itens já estão em processo de licitação. Todas as UBSFs também estão recebendo materiais de uso diário, como camisolas de coleta preventiva e capas para biombos.

Os kits, entregues pelo secretário Lauther, pelo gerente de Atenção em Saúde, Emerson Ferreira Moreira, e pelo coordenador do Programa Estratégia de Saúde da Família, Franz Martins Eger, foram recebidos pelos médicos, enfermeiros, odontólogos, auxiliares de consultório dentário, agentes de saúde, recepcionistas, auxiliar de serviços gerais e motoristas da rede municipal de saúde.

Melhorias

Durante a entrega simbólica dos kits, no auditório da prefeitura, Lauther informou que a construção da UBSF do bairro Dom Bosco deve começar já em fevereiro, assim que passar o período de chuvas fortes. A obra será executada com recursos próprios do Município e R$ 100 mil oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual Paulo Duarte (PT). A área onde será construída a unidade foi cedida pela Cidade Dom Bosco.

O secretário executivo também explicou que o tempo de resposta dos exames realizados na rede pública, que chegou a ultrapassar 15 dias, hoje é feito entre quatro e oito dias, dependendo da especialidade médica. “Já é um tempo bom, mas o objetivo é trazê-lo para, no máximo, quatro dias”, afirmou. Para isto, o Município trabalha na implantação do processo de regulação de exames.

“O paciente vai sair da UBSF já sabendo o dia, a hora e o local que ele vai passar pelo especialista”, continuou Lauther. O sistema já foi implantado em algumas unidades em caráter experimental e, a partir de março, começa a ser expandido para toda Corumbá.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional