Corumbá ganha campus do Instituto Federal ainda neste ano

  Divulgação
  

O IFMS Campus Corumbá ocupará uma área de 46 mil metros quadrados, doada pela prefeitura, no bairro Popular Velha

Uma parceria entre o Governo Federal e a Prefeitura Municipal está garantindo a construção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS) – Campus Corumbá. O início das obras depende apenas da confirmação de liberação dos cerca de R$ 6 milhões por parte da União, via Ministério da Educação, o que deve ocorrer ainda em janeiro. A previsão é que o instituto esteja concluído ainda em 2010.

O IFMS Campus Corumbá será construído em uma área de 46 mil metros quadrados na Rua Pedro de Medeiros, no bairro Popular Velha, entre o Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer Nação Guató e o Parque Municipal Zumbi dos Palmares, que se encontra em implantação. A área foi doada pela Prefeitura Municipal, durante encontro do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) com o reitor da instituição, professor Marcus Aurélius Stier Serpe.

Serão cinco blocos, todos interligados por passarelas, contendo salas de aula, administração, alojamento, biblioteca e laboratórios, num total de 6.686 metros quadrados de área construída. A previsão é abrir, nos primeiros quatro anos, um total de 1.500 vagas. O corpo docente será formado por cerca de 40 professores e o núcleo administrativo contará com 80 profissionais, todos com contratação via concurso público.

Para Ruiter, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia significará um grande avanço para Corumbá, com perspectivas de desenvolvimento concretas, principalmente pelo fato de formar mão de obra especializada, fator que ainda dificulta o desenvolvimento regional. “Com o instituto, vamos resolver essa questão, qualificando o trabalhador e incentivando a geração de emprego e renda”, destacou.

Estudos desenvolvidos pelo próprio Instituto Federal apontaram quais as áreas de formação profissional que devem ser contempladas pelo Campus de Corumbá. Uma delas resultará no curso superior de Química. Também deverão ser implantados cursos de Metalurgia e Informática.

A construção foi viabilizada pelo deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT/MS) e está a cargo da empresa Montalvão Siqueira e Construções Ltda., vencedora do processo licitatório comandado pela própria instituição. O Campus Corumbá é um dos cinco que o Governo Federal pretende construir no Estado até o fim deste ano. Os outros quatro são em Aquidauana, Coxim, Ponta Porã e Três Lagoas, um investimento total de R$ 35 milhões.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional