Corte de Momo de Corumbá é escolhida em noite de praça cheia

  Clóvis Neto

  
Público lotou a praça na noite em que Corumbá elegeu sua Corte

Praça lotada. Cerca de oito mil pessoas presenciaram na noite de ontem, sábado, a escolha da Corte de Momo de Corumbá, que vai comandar o melhor carnaval do centro oeste brasileiro. A festa foi na Generoso Ponce. Alexandre Batista Gmachl, de 33 anos, foi escolhido o Rei Momo, enquanto Raiane Oliveira de Paula, 19 anos, foi eleita a Rainha do Carnaval. As duas princesas são Danielle Karine de Paulo Salles, 23 anos, e Roberta de Vasconcelos Ramirez, 24 anos, primeira e segunda , respectivamente. A coroação será em 11 de fevereiro, às 20h, no portal do circuito do Carnaval 2010 de Corumbá. Na oportunidade, o prefeito Ruiter Cunha entrega a chave da cidade à Corte.

A escolha foi em clima de festa. Para o secretário executivo de Relações Institucionais e diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Carlos Porto, foi uma mostra da grandeza do carnaval corumbaense. “Praça lotada, população animada e, no palco, o espetáculo proporcionado pelos candidatos a Rei Momo e Rainha. Tudo isto mostra que teremos um dos melhores carnavais de todos os tempos”, prevê Porto.

O secretário estava acompanhado do empresário Ueze Zahran, da TV Morena. Ele veio à cidade a negócios e aproveitou para ver de perto, uma mostra do carnaval corumbaense. “Conhecia apenas pela televisão. E uma bonita festa. Baterias… tamborins… muitas mulatas sambando. Vale a pena vir para cá. É por isso que o carnaval de Corumbá é o melhor do centro oeste brasileiro”, observou, logo após participar da premiação da corte.

A festa foi completa. O público interagiu com os candidatos e candidatas. A maioria contava até com torcida organizada, com direito inclusive a foguetório. No palco, o grupo Semente da Terra, do Roxo, dava um toque especial, com muito samba e animação. Vinte e duas candidatas disputaram o título de Rainha do Carnaval de 2010. Número recorde. Todas se apresentaram individualmente. Além de muito samba no pé, mostraram a beleza da mulher corumbaense. Depois, se apresentaram os candidatos Rei Momo. O título foi disputado por quatro candidatos.

Foi uma bela apresentação avaliada por um corpo de jurados formado por nove pessoas, entre profissionais do ramo de beleza e estética, promotores de evento, radialista, jornalista, empresários. A decisão foi difícil. Alexandre ganhou o título com um total de 233 pontos. Raiane foi eleita Rainha com 337. A primeira princesa, Daniele, conquistou 329, enquanto a segunda, Roberta, somou 327.

Emocionado, Alexandre dizia que, a partir de agora, “é só alegria. Muita festa”. Para fazer bonito nas cinco noites, promete “malhar muito e tomar bastante líquido para na me desidratar”, afirma, aconselhando o folião a fazer o mesmo, pois “o ritmo será alucinante”.

Raiane esbanjava alegria na cerimônia de premiação. “Esse ano vai ser só samba correndo nas veias. Vamos botar pra ferver”, previa. Emocionada, disse que quase chorou. “Tive que aguentar. Foi a minha primeira vez e, com sinceridade, não esperava a vitória. Todas se apresentaram bem. Só de estar aqui, participando, já estava bom demais”, comentou, se voltando para o público presente, considerando-o “ótimo” e que deu “um brilho especial à festa”.

Carlos Porto, Ueze Zahran, José de Carvalho Junior (superintendente de Turismo), Heloisa Helena da Costa Urt (superintende de Cultura), vereador Antônio Galã, Zezinho Martinez (presidente da Liga Independente das Escolas de Samba), entre outras autoridades, participaram da festa de premiação dos vencedores, que teve direito inclusive a coroação da princesa do Sandálias de Frei Mariano, e de Maria Kitéria que interagiu com todos os candidatos e com o público. Foi um espetáculo à parte.

  
O quarteto vai reinar durannte o carnaval corumbaense

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional