Cadastro para Minha Casa, Minha Vida começa nesta quarta-feira

  Ilustração
  

Programa vai garantir mais 1 mil moradias para as famílias corumbaenses, com a possibilidade de expansão para 1,5 mil unidades

Começa nesta quarta-feira (13) o cadastramento para o Programa Minha Casa, Minha Vida. Desenvolvido pelo Governo Federal em parceria com a Prefeitura de Corumbá, o programa vai atender famílias com renda de até 10 salários mínimos, oferecendo condições facilitadas para a aquisição da casa própria. A iniciativa vai garantir mais 1 mil moradias para as famílias corumbaenses, com a possibilidade de expansão para 1,5 mil unidades.

Mesmo quem já se cadastrou em outros programas deve, obrigatoriamente, atualizar seus dados. O cadastramento vai até o dia 4 de fevereiro e pode ser feito das 7h30 às 11 horas e das 15h às 19 horas, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12 horas nos sábados. Os interessados precisam levar carteira de identidade, CPF, título de eleitor, comprovante de residência e certidão de nascimento dos dependentes.

Locais

O cadastro pode ser feito no Espaço Educacional, Rua 13 de Junho, 1.557 – Centro; na Casa do Plano Diretor, Rua Cuiabá, 1.333 – Centro (esquina com a Rua 7 de Setembro); no Centro Profissional Dom Bosco, Rua 13 de Junho, 2.660 – Bairro Dom Bosco; e nas escolas municipais Ângela Maria Perez, Cássio Leite de Barros, Fernando de Barros, José de Souza Damy, Luis Feitosa Rodrigues, Rachid Bardauil, Tilma Fernandes e Delcídio do Amaral.

O Programa

O Programa Minha Casa, Minha Vida foi lançado pelo Governo Lula e é realizado em parceria com os estados, municípios, empresas e movimentos sociais. Corumbá fez sua adesão formalmente por meio do Termo de Adesão assinado pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) com a Caixa Econômica Federal, no dia 30 de dezembro de 2009.

Na ocasião, o prefeito anunciou o início da construção de 1 mil unidades habitacionais na cidade, garantindo a redução do déficit habitacional no município, estimado em 4,5 mil moradias, em pelo menos 50%. Atualmente, outras 1.250 casas já estão sendo construídas pela prefeitura, em parceria com o Governo Federal ou com recursos próprios.

O Minha Casa, Minha Vida vai atender duas faixas de público. O primeiro com renda familiar de até três salários mínimos e o segundo de três a 10, oferecendo financiamentos em até 25 anos via Caixa Econômica Federal. Duas empresas já firmaram parceria com a prefeitura e a Caixa para construção das novas moradias, a Engepar e a Cobravi Construtora, que já estão executando a primeira etapa do processo.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional