Ação contra dengue ganha reforço de novos alunos do Projovem

 Fotos: Marcos Boaventura

  
Jovens participaram de capacitação para iniciar trabalhos

Alunos do curso de Meio Ambiente do Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã, estão sendo capacitados por técnicos do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura Municipal, e serão novos reforços na Ação Integrada de Combate à Dengue. Eles estão sendo apontados como importantes para o desenvolvimento de um trabalho de conscientização junto à população, no sentido de eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

A aula teórica aconteceu na manhã de hoje, 25, na Escola Municipal Luiz Feitosa Rodrigues com a participação de 120 alunos do curso que abrange as áreas de saúde e promoção da qualidade de vida, visitador sanitário, recepcionista de consultório médico, atendente de farmácia e agente ambiental. A parte prática eles aprenderão no campo, durante as ações.

Grace Bastos, chefe do CCZ, explicou que a participação dos alunos na ação será de extrema importância para combate à doença. Conforme ela, 30 integrantes do programa já estavam integrando o grupo de cerca de 500 pessoas que iniciaram os trabalhos em toda a cidade no começo de janeiro.

“Este grupo será um reforço considerável. São pessoas conscientes, interessadas e serão fundamentais no trabalho de conscientização junto à população, acompanhando os agentes de endemias nas visitas domiciliares. Além disso, 30 deles vão estar diretamente envolvidos com as equipes de bloqueio”, explicou.

Os alunos são integrantes dos grupos das professoras Lélia Francelino e Joice Aparício Pacheco de Souza. As duas são envolvidas na questão da saúde pública. Joice, que é enfermeira, adiantou que a capacitação faz parte do curso que eles estão concluindo em fevereiro. Destacou a boa vontade dos alunos que se dispuseram a participar desse treinamento e ir a campo, auxiliar o combate à dengue.

Lélia, por sua vez, diz que a participação do grupo é primordial nestas ações. “Os alunos integram uma nova geração de formadores de opinião. É importante a entrada deles neste trabalho. Além de adquirir conhecimento, vão ajudar a combater a doença na cidade”, explicou.

Madylene Lemos, 19 anos, reforça as palavras da professora. “Será uma oportunidade de aprendermos mais, ajudando no combate à dengue”, diz, lembrando que o programa está sendo importante para aprimorar o aprendizado e buscar uma vaga no mercado de trabalho.

Prevfogo

Além dos alunos do Projovem, 28 integrantes da Brigada de Combate a Incêndio no Pantanal (Prevfogo) também estão reforçando os trabalhos em Corumbá. Parte do grupo será capacitado para trabalhar diretamente com a incineração de pneus na Cimento Itaú, do Grupo Votorantim. Os demais vão integrar as equipes de campo.

A ação na cidade foi lançada pelo prefeito Ruiter Cunha no início de janeiro e conta com a participação de todos os setores da administração Municipal, com destaque para a Secretaria de Ações Sociais, por meio da Secretaria Executiva de Saúde Pública e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), e Secretaria de Desenvolvimento Integrado.

É resultado também de uma parceria com a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Projovem Trabalhador, Brigada de Combate a Incêndio no Pantanal (Prevfogo), Unipav (limpeza pública), Cimentos Itaú (Grupo Votorantim) e Projeto Se Essa Rua Fosse Minha, reunindo cerca de 500 pessoas. O Corpo de Bombeiros também está contribuindo para o desenvolvimento dos trabalhos.

  
Madylene: aprender e ao mesmo tempo ajudar combater a doença

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional