Ruiter destaca papel da Marinha em sessão solene em Ladário

  Clóvis Neto
  

Para o prefeito, a comunidade está ligada à Marinha pela lição
cotidiana de solidariedade com a população pantaneira

“As cidades de Corumbá e Ladário estão ligadas à Marinha do Brasil pelo cordão umbilical”. A afirmação é do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) que, na noite de ontem (9), participou de uma sessão solene na Câmara Municipal de Ladário em homenagem ao Dia do Marinheiro. Segundo ele, isso se deve ao fato de que as “povoações primitivas e as primeiras guarnições militares surgiram igualmente da necessidade de fixar e defender a fronteira oeste do Brasil”.

Para o prefeito corumbaense, a comunidade está também ligada à instituição militar, pela lição de civilidade e amor ao Brasil e, sobretudo, “pela lição cotidiana de solidariedade com a população pantaneira, qualidade que os prestativos marinheiros demonstram todos os dias”, afirmou, completando: “Para nós, o Dia do Marinheiro não é somente 13 de dezembro, mas todos os dias do ano”.

Os serviços prestados pelo Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano, conforme Ruiter, são testemunhas de sua afirmação. “Todos os dias o navio leva assistência médica, odontológica e sanitária às famílias ribeirinhas”, destacou, acrescentando que, todos os dias, o Comando do 6º Distrito Naval está pronto para atender as Prefeituras de Corumbá e Ladário, “para ajudar nas ações comunitárias, para melhorar a segurança, ou para apoiar o atendimento às populações em situação de risco ou para debelar as epidemias”.

O prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT) destacou o “grande legado deixado pelo Almirante Tamandaré”, que foi seu sentimento de patriotismo e amor à Pátria. Ele enfatizou que a Marinha do Brasil é fundamental para o progresso e o futuro do País e da região. Em seu entender, a instituição foi “a grande obra para Ladário, que de um vilarejo, tornou-se uma cidade, que cresceu em torno do arsenal”.

Quem também exaltou a presença da Marinha na região foi o deputado estadual Paulo Duarte (PT). Ele observou que a sessão solene demonstrou “um respeito que temos pela instituição, respeito à Marinha pelo papel fundamental que exerce na região”, lembrando que, além das funções constitucionais, a instituição atua decisivamente na área social e está totalmente integrada à sociedade pantaneira.

O contra-almirante Edlander Santos, comandante do 6º Distrito Naval, agradeceu o ato e afirmou que tudo é feito “com prazer, satisfação e orgulho”. Ele lembrou a orientação do comandante da Marinha do Brasil, almirante-de-esquadra Julio Soares de Moura Neto, cuja determinação é “cooperar, participar da vida social em conjunto com os outros órgãos”, para minimizar os problemas sociais. Por fim, disse que tudo que é feito “é uma pequena retribuição ao que é recebido de Corumbá e Ladário”.

A sessão foi uma iniciativa do vereador Osvalmir Nunes da Silva (Baguá), presidente da Câmara Municipal. Participaram do ato, ainda, os deputados Ary Rigo (PDT) e Reinaldo Azambuja (PSDB); o general-de-brigada Roberto Jungthon, comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira; o capitão de mar e guerra Alexandre de Morais Reis, chefe do Estado Maior do 6º Distrito Naval; o secretário executivo de Relações Institucionais de Corumbá, Carlos Porto, além de outras autoridades.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional