Regata da Canoinha marca comemorações do Dia do Marinheiro

Está marcada para domingo (13) a 17ª Regata da Canoinha, prova tradicional na cidade, que integra a programação em comemoração ao Dia do Marinheiro. A competição tem início às 9 horas, no rio Paraguai, com largada no Porto Geral de Corumbá. Com realização do 6º Distrito Naval da Marinha do Brasil, o evento é aberto a pessoas de ambos os sexos e terá um percurso de mil metros, com largada na ponta do caís do antigo armazém – hoje Centro de Convenções de Corumbá Miguel Gómez – contornando o Farol do Balduíno e chegando na prainha.

No feminino, a prova será única, reunindo participantes acima de 12 anos. No masculino, a disputa está dividida em três categorias: Junior (12 a 17 anos), adulto (18 a 40 anos) e máster (acima de 40 anos). Serão premiados os três primeiros colocados de cada categoria. As inscrições podem ser feitas até quinta-feira (10), na Capitania Fluvial do Pantanal, situada na Rua Delamare, 806, em frente à Praça da República. Informações pelo telefone 3231-6444.

A Canoinha, ou “Canoa de um pau só”, é uma embarcação típica do Pantanal, feita de tronco escavado de Ximbuva e usada por índios Guató e por pescadores. A regata teve início em 1993, por iniciativa do Comando do 6º Distrito Naval, e tem o objetivo de resgatar um legado histórico deixado por antepassados pantaneiros, que tinham a canoinha como meio de transporte e de pesca. Além disso, busca difundir a importância dos rios para a região, manter viva a tradição da construção artesanal da canoinha, que remonta a ocupação e a colonização da região pantaneira.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Social