Prefeitura já planeja atendimento a famílias ribeirinhas em 2010

  Divulgação
  

A ação ocorrida em novembro, na região do Paiaguás, atendeu cerca
de 290 famílias das colônias Corixão, Cedrinho e São Domingos

A população ribeirinha de Corumbá vai receber atendimento de três em três meses a partir de 2010. É o que planeja a Prefeitura Municipal que, em novembro, realizou uma ação na região do Paiaguás, beneficiando cerca de 290 famílias das colônias Corixão, Cedrinho e São Domingos. De acordo com o secretário de Ações Sociais, Lamartine de Figueiredo Costa, a determinação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) é que os trabalhos nestas localidades ocorram de forma mais frequente, levando atendimento médico, odontológico e social aos moradores que residem em áreas de difícil acesso.

“Desde o início da primeira gestão do prefeito Ruiter, em 2005, estamos realizando ações como esta para atender as famílias ribeirinhas. Agora, pretendemos fazê-las de maneira mais frequente, levando os principais serviços às comunidades distantes e de acesso difícil, como ocorreu em novembro, na região do Paiaguás”, comentou o secretário.

Para chegar aos locais de atendimento nas colônias Corixão, Cedrinho e São Domingos, houve necessidade, inclusive, da utilização de zingas para condução de barcos pequenos, transportando as equipes, medicamentos e outros materiais disponibilizados aos moradores. “Isto sem contar que, em terra, carroças lotadas foram puxadas por servidores. Até o nosso dentista amarrou uma corda na cintura para auxiliar o pessoal”, comentou a assessora executiva de Saúde, Antonieta Sabatel, coordenadora das ações no Pantanal.

Conforme ela, o sacrifício vale a pena. “Atender estas famílias que vivem em regiões distantes é gratificante”, comentou, já antevendo um extenso cronograma em 2010, ampliando o leque de atuação para levar atendimento aos moradores das regiões do São Lourenço, Paraguai Mirim, Nhecolândia, Morrinho, Porto Esperança, Forte Coimbra, Nabileque e também ao Paiaguás.

O secretário Lamartine Costa lembra que, por meio da Ação Prefeito Presente, já foi disponibilizado atendimento aos moradores da região das águas. Ele lembra que a preocupação do prefeito é disponibilizar todas as condições necessárias à população, que tem dificuldades em se locomover até a área urbana, principalmente para tratamento de saúde. “Temos que destacar essas realizações e os parceiros que estão juntos com a Prefeitura”, comentou, lembrando da Marinha do Brasil, que já disponibilizou embarcação para o Prefeito Presente nas regiões do São Lourenço e Paraguai Mirim.

Paiaguás

Com relação à ação no Paiaguás, a prefeitura contabilizou atendimento a 290 famílias residentes nas três colônias. Os trabalhos foram desenvolvidos por um grupo de 12 pessoas, sendo três médicos, três vacinadores, dois dentistas, um enfermeiro, uma técnica da Secretaria Executiva de Assistência Social, um técnico da Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais e dois auxiliares, com apoio do barco Caramujo e de embarcações menores.

Os trabalhos foram coordenados pela Secretaria de Ações Sociais, que engloba as secretarias executivas de Saúde Pública e de Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Integração das Políticas Sociais, que disponibilizou 290 cestas básicas, 290 lonas, 100 colchões e 95 redes.

“Realizamos um total de 606 procedimentos na área de saúde, com atendimentos médicos e odontológicos, além de distribuição de kits odontológicos”, explicou Antonieta. Além disso, foram aplicadas 454 doses de vacinas (BCG, contra paralisia infantil, Hepatite B, Rotavirus, Tetravalente, Tríplice Viral, febre amarela, entre outras).

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional