Distribuição de preservativos no Dia de Luta contra a Aids

Agentes de Saúde da Prefeitura de Corumbá realizaram, durante a manhã desta terça-feira (1º), uma ação como parte do Dia Mundial de luta contra a Aids, que, este ano, aborda o preconceito contra soropositivos, campanha lançada pelo Ministério da Saúde. A mobilização na cidade reuniu todos os profissionais do Programa Estratégia de Saúde da Família das unidades básicas, que fizeram um corpo a corpo, distribuindo preservativos e conscientizando a comunidade sobre a importância da prática do sexo seguro, para evitar a doença.

O Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado neste 1º de dezembro, é a data sugerida pelas Nações Unidas para reforçar o compromisso político dos governos para que o mundo reflita sobre as questões que envolvem o viver com HIV. O mundo todo está voltado, nesta data, para as ações desenvolvidas pelos países, principalmente o Brasil, cuja política na área é globalmente reconhecida.

Estima-se que 630 mil pessoas estejam infectadas pelo HIV no Brasil, sendo que mais de 200 mil estão fazendo uso do tratamento oferecido pelo SUS. A política de acesso universal aos medicamentos adotada pelo governo brasileiro vem possibilitando, ao longo dos anos, a melhoria da qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV/Aids.

Em Corumbá, a Prefeitura desenvolve o Programa Municipal DST/HIV/Aids, coordenado pelo médico José Márcio Martins Faria, da Unidade de Referência do Centro de Saúde Dr. João de Brito, no Bairro Aeroporto. No local, 191 pacientes estão em tratamento.

Neste ano, a campanha envolveu todas as unidades básicas como forma de atingir um universo bem maior da população corumbaense. Segundo o coordenador, cada unidade desenvolveu um trabalho juntamente com a própria comunidade, distribuindo preservativos, conversando, mantendo um contato mais direto com cada morador, na busca da conscientização e fornecendo maiores informações sobre a doença.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional