Auto de Natal emociona público no Jardim da Independência

  Clóvis Neto
  

O Auto de Natal deu sequência às apresentações de fim de ano planejadas pela prefeitura e iniciadas na semana passada

A Banda de Música Manoel Florêncio e o Coral Cidade Branca apresentaram na noite de terça-feira (22) o Auto de Natal da Prefeitura de Corumbá. O show ocorreu no Jardim da Independência e atraiu centenas de pessoas. A novidade deste ano foi a participação do teatro de sombras, que contou parte da história e relembrou o cenário do nascimento de Jesus Cristo. Alunos e professores da Oficina de Dança também participaram da encenação.

Organizado pela Superintendência de Cultura e Turismo do Pantanal, o Auto deu sequência às apresentações de fim de ano planejadas pelo Município e iniciadas na semana passada, com as Cantatas de Natal. No dia 30, a programação segue com a tradicional Louvação a Iemanjá, com o ritual da Lavagem da Escadaria da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária.

Na mesma noite, o cortejo segue para a Prainha do Porto Geral, onde o candomblé se junta a umbanda e quimbanda para render homenagens à Rainha das Águas, lançando oferendas no Rio Paraguai ao som de atabaques e cânticos em Iorubá – idioma africano. A louvação também acontece na noite de 31 de dezembro, no mesmo local.

Para a apresentação de ontem, o Jardim da Independência foi totalmente decorado com detalhes natalinos. Além de micro-lâmpadas revestidas em mangueira plástica, criteriosamente instaladas nas árvores, no coreto e na ponte, um presépio em salsaparrilha enfeitou um dos lagos.

No mastro do Pavilhão Nacional, foram implantadas lâmpadas no formato de uma árvore de natal. “Este momento é para relembrar o verdadeiro sentido do Natal, o nascimento de Cristo”, enfatizou a superintendente de Cultura de Corumbá, Heloísa Helena da Costa Urt.

Os momentos mais marcantes da apresentação foram o nascimento de Cristo e a aparição do anjo, saudando a criança nos braços de José e Maria. A chuva de papel prateado e as belas canções criaram um clima especial, muito aplaudido pelos espectadores. “Foi tudo muito bonito, muito marcante”, avaliou Raquel Ávila Silva, 32 anos.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional