Oficina capacita servidores de cinco municípios sobre aleitamento

  Marcos Boaventura
  

Com 40 horas/aula, curso atende 26 integrantes da Rede de Saúde Pública de Corumbá e outros quatro municípios

A III Oficina de Formação de Tutores em Aleitamento Materno da Rede Amamenta Brasil começou hoje (9), em ritmo de samba. O grupo “100% Saúde”, formado por servidores da Secretaria Executiva de Saúde Pública, abriu a capacitação cantando músicas próprias, todas relacionadas ao tema que será discutido ao longo da semana. O curso terá duração de 40 horas/aula e termina na sexta-feira (13).

Participam da oficina 14 funcionários das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) do São Bartolomeu, Popular Velha, Humberto Pereira, Pedro Paulo, Luiz Fragelli e Mato Grande; e ainda servidores de Ladário, Aquidauana, Jardim e Miranda. Ao todo, são 26 integrantes da Rede de Saúde Pública dos cinco municípios. A abertura ocorreu na sede da Associação Médica de Corumbá, no bairro Nossa Senhora de Fátima.

“É com muita satisfação que recebemos todos vocês. Este evento é muito importante porque uma das principais estratégias para se combater a mortalidade infantil é o incentivo ao aleitamento materno”, disse o médico Emerson Ferreira Moreira, gerente de Atenção em Saúde da Prefeitura de Corumbá.

Segundo ele, o fortalecimento das UBSFs é parte importante na estratégia de saúde pública adotada pelo Município. “No ano que vem, vamos inaugurar o banco de leite e a UTI neonatal, que vão beneficiar diretamente a população. Mesmo com esses dois equipamentos, as Unidades Básicas de Saúde terão funções fundamentais em relação ao aleitamento, pois lá é feito todo o trabalho de orientação e prevenção”, explicou.

A III Oficina de Tutores é uma parceria da Prefeitura de Corumbá com o Ministério da Saúde, cuja finalidade é promover o envolvimento e o compromisso da gestão municipal com a qualidade de vida da criança. De acordo com o médico José Edmar Baltar, coordenador da Rede Amamenta no Município, o propósito da parceria é construir um novo paradigma para o ensino materno na Atenção Básica à Saúde, contribuindo para o aumento dos índices de amamentação.

“O prefeito Ruiter, a primeira-dama Beatriz Cavassa, madrinha da campanha em Corumbá, o secretário Lamartine de Figueiredo Costa (Ações Sociais), o secretário executivo Lauther Serra (Saúde Pública), e o doutor Emerson, que é um companheiro já há bastante tempo, foram muito importantes para a consolidação da Rede Amamenta na cidade”, completou Baltar.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional