Exposição “Em Quatro Tempos” começa hoje no Miguel Gómez

Em Quatro Tempos” é o título da exposição da artista plástica Marlene Terezinha Mourão, a Peninha, que começa às 20 horas de hoje (27), em Corumbá, no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez. A mostra, um relato da trajetória da artista desde o ano de 1968, quando iniciou a carreira, ficará aberta até o dia 12 de dezembro e poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8h às 12 horas e das 14h às 19 horas. A exposição tem apoio da Prefeitura de Corumbá, por meio da Superintendência de Cultura da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, ligada à Secretaria de Gestão Governamental.

Natural de Coxim e há 38 anos vivendo em Corumbá, Peninha é escritora, poetisa, artista plástica e grande incentivadora da arte e da cultura locais. Faz parte da equipe da Prefeitura de Corumbá, desenvolvendo atividades na Fundação de Cultura do Pantanal. Reconhecida por seu traço bico-de-pena e pela divulgação da beleza do Pantanal em aquarelas. ela tem buscado colocar sua arte a serviço do bem-comum e dos interesses maiores da coletividade.

Peninha é uma das articuladoras da Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida no coração do Pantanal. Participou do Pacto pela Cidadania por meio do Movimento Viva Corumbá, da luta pelo Trem do Pantanal e também atuou em defesa do Rio Paraguai, quando coordenou a Organização de Cidadania, Cultura e Ambiente (OCCA). É obra sua o quadro “São João em Corumbá”, produzido em 2006 e que retrata uma das mais importantes manifestações da cultura local. Ela começou sua arte com o desenho em nanquim e, desde a década de 1980, dedica-se à pintura acrílica sobre tela.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional