Aprovado o reajuste de subsídios dos conselheiros tutelares

Os conselheiros tutelares de Corumbá terão um reajuste equivalente a 50% em seus vencimentos mensais, passando de R$ 1,2 mil para R$ 1,8 mil. O projeto de lei encaminhado pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) na semana passada foi aprovado ontem (24), por unanimidade, pelos 12 vereadores presentes à sessão ordinária. Em atendimento a uma solicitação do prefeito, eles analisaram e aprovaram a matéria em regime de urgência.

Ao encaminhar o projeto, o prefeito corumbaense destacou que a decisão é “um reconhecimento à importância desses profissionais que desenvolvem uma nobre missão, ajudando tanto na melhoria da gestão das políticas públicas de assistência social, como também no aprendizado que a sociedade brasileira está obtendo das virtudes da democracia e da participação”.

Ruiter havia anunciado o reajuste durante sessão solene na Câmara Municipal, na semana passada, em homenagem ao Dia do Conselheiro Tutelar, celebrado em 18 de novembro. Na ocasião, ele solicitou aos vereadores para apreciar a mensagem em “caráter de urgência para que, ainda neste mês (novembro), possamos efetivar o benefício à categoria”.

Segundo o vereador Evander Vendramini Duran (PP), a nova lei é o “reconhecimento do prefeito Ruiter ao trabalho dos valorosos membros do Conselho Tutelar, que contou com o apoio desta Casa em priorizar sua votação por também entender a importância da ação dos conselheiros”.

O presidente do Legislativo, Antônio Viana (PP), o Galã, acrescentou que a Casa de Barão de Vila Maria estará sempre apoiando o Executivo quando os projetos forem relevantes e em benefício da população. “Esta mesa não criará dificuldades quando a matéria é de interesse da coletividade”, acrescentou. O texto da lei retorna, agora, ao Poder Executivo para ser sancionado pelo prefeito.

Antônio Carlos ­- Subsecretaria de Comunicação Institucional (Com informações da Assessoria da Câmara de Vereadores)