Projetos de Corumbá são escolhidos para Simpósio Internacional

Dois projetos mantidos pela Prefeitura de Corumbá e executados pelo Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS AD) foram selecionados para participar do XII Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e do VIII Simpósio Sobre Álcool  e outras Drogas. As atividades que serão apresentadas durante os simpósios foram anunciadas hoje (16) pela organização do evento. O encontro ocorre de 19 a 21 de novembro no Rio de Janeiro-RJ e vai reunir as maiores autoridades sobre o tema no País.

Os projetos selecionados em Corumbá foram: o trabalho realizado em parceria com o Poder Judiciário no tratamento de apenados; e outro com o Alcoólicos Anônimos (A.A.), que possibilita a recuperação dos pacientes etilistas. “No primeiro caso, o tratamento é uma forma de pena alternativa determinada pelos juízes da Comarca. Os pacientes devem frequentar todas as atividades propostas pelo Centro e nós comunicamos o judiciário mensalmente, por meio de relatórios, sobre o aproveitamento da pessoa”, explicou a psicóloga Silva Cegovia Araújo Freire, coordenadora do CAPS.

Cinco pessoas já foram inseridas no programa, das quais duas já cumpriram a pena e foram reinseridas no mercado de trabalho, um participa de um grupo religioso e os outros dois estão com o tratamento em andamento. No caso dos pacientes etilistas, os encontros são feitos pelas técnicas do Centro e do A.A., uma vez por semana, sempre às quartas-feiras. Na última semana de cada mês, a reunião é realizada na sede do Alcoólicos Anônimos. “Nesta ação, vale ressaltar a parceria inédita firmada com o A.A.”, enfatizou Silvia.

Na semana passada, durante um encontro de professores de Educação Física realizado em Campo Grande, as atividades físicas desenvolvidas com os pacientes do CAPS AD foram bastante elogiadas pelos participantes. Todas as ações são orientadas pela professora de Educação Física Sheila Duarte de Amorim.b

De amanhã (17) até segunda-feira (19), a psicóloga Silvia Freire e a terapeuta ocupacional Liliane Pinho de Almeida fazem uma ação contra o alcoolismo e o tabagismo nas comunidades ribeirinhas do Paraguai Mirim, Paiolzinho e São Lourenço. Durante os três dias, elas levarão palestras, questionários e cartilhas informativas para os moradores daquelas localidades. As oficinas foram solicitadas pela Secretaria Executiva de Educação e pelo CREAS.

Oficinas terapêuticas

O CAPS ad foi inaugurado em 4 de março de 2008. O Centro é mantido pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Executiva de Saúde Pública. A unidade presta serviço ambulatorial e de atenção psicossocial. A procura pelo tratamento pode ser por livre e espontânea vontade, acompanhada por familiares ou determinação judicial. A instituição oferece, ainda, tratamento medicamentoso para co-morbidades e outras sequelas resultantes do uso abusivo de substâncias psicoativas e álcool.

Criado por determinação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), o Centro também desenvolve atividades em oficinas terapêuticas, visando elevar a auto-estima e a confiança do dependente químico. São promovidas oficinas terapêuticas, atendimento psicoterápico individual, atendimento clínico, atendimento medicamentoso, plantio de ervas medicinais e verduras, além de atendimento aos familiares – individual e de grupo – e atividades esportivas (ginástica, musculação, futebol de campo, vôlei, tênis de mesa e natação).

A unidade está localizada na Rua Cabral, 1208, entre as Rua 7 de Setembro e 15 de Novembro, e funciona das 7h às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Social