Corumbá vive expectativa do fim da temporada de pesca

  Clóvis Neto
  

De acordo com empresários locais e pesquisas realizadas na região, o setor turístico deste ano superou o ano de 2008

A economia corumbaense vive a expectativa dos últimos dias da temporada de pesca 2009. Com o período de defesa chegando, a movimentação na cidade cresce consideravelmente. “A expectativa para esta época é grande, levando-se em conta que os pacotes para a pesca esportiva, que utilizam a excelente infra-estrutura dos barcos-hoteis, são vendidos com bastante antecedência”, afirmou o superintendente de Turismo José de Carvalho Júnior, da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

Os índices registrados pela Fundação apontam que quase 100% dos pacotes para este ano já foram comercializados. “Somam-se a isso os amantes da pesca que utilizam as voadeiras, não só em Corumbá, como também em Albuquerque, Porto Morrinho, Porto Esperança, Porto da Manga e Passo do Lontra”, completou o superintendente.

De acordo com empresários locais e pesquisas realizadas na região, o setor turístico deste ano superou o ano de 2008, contrariando o cenário de dificuldade financeira enfrentada por outros setores da economia nacional. E um grande aliado para a divulgação dos recursos pesqueiros de Corumbá é o Festival Pantanal das Águas (FPA).
“O festival atingiu a nossa expectativa, mesmo com a mudança na infraestrutura e na localização do evento, e mesmo adequado à nova realidade e tendência dos eventos no Brasil”, explicou José de Carvalho. Neste ano, o FPA foi realizado de 9 a 12 de outubro, no Porto Geral. As grandes atrações, além dos campeonatos de pesca e a travessia do Rio Paraguai, foram o grupo Roupa Nova e a sambista Mart’nália.

O Festival Pantanal das Águas encerrou o Calendário dos Eventos Turísticos e Culturais de Corumbá em 2009. “Este calendário surgiu para o ordenamento cronológico dos nossos eventos, facilitando o planejamento, o que nos dá grande tranquilidade durante a execução. Com a realização de tais eventos, os grandes benefícios são a divulgação do Município, a atração de turistas e a preservação das manifestações tradicionais, sempre trabalhando com vários parceiros para garantir a integridade do público e dos eventos”, finalizou o superintendente de Turismo.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional