Corumbá terá ação compartilhada contra a dengue

 Clóvis Neto

  
Curso será encerrado hoje. São 245 profissionais capacitados

As ações de prevenção e combate à dengue serão desenvolvidas com maior intensidade em Corumbá, por agentes de endemias e de saúde da família. Nesta sexta-feira, 245 profissionais concluem o curso de Zoneamento Compartilhado, visando um trabalho conjunto, para evitar epidemia da doença.

O curso está sendo realizado na Paróquia Dom Bosco, a cargo da Secretaria Municipal de Ações Sociais, por meio da Secretaria Executiva de Saúde Pública, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, que está disponibilizando uma equipe técnica para a capacitação. A intenção da Prefeitura é iniciar os trabalhos em seguida.

Segundo o secretário de Saúde, Lauther Serra, com o zoneamento compartilhado, será feito um levantamento de 20 em 20 dias, “fundamental para prevenir e combater a dengue”. O programa já é desenvolvido, com sucesso, em Anastácio, e foi reconhecido pela própria Secretaria Estadual de Saúde como uma ação promissora e eficiente no combate, monitoramento e controle da dengue.

A proposta é o desenvolvimento de um trabalho conjunto, padronizando os procedimentos e unificando a atuação na cidade. Hoje, o trabalho de identificação, prevenção e combate à dengue, fica mais por conta do agente de endemias. Com a ação compartilhada, eles terão reforço dos agentes de saúde, importante para uma ação mais eficiente.

O trabalho será feito por setor. A cidade foi divida em seis regiões e, cada uma delas, contará com uma equipe integrada por agentes de endemias e de saúde da família, ampliando o número de pessoas, o que permitirá uma atuação mais eficaz e maior frequência nas visitações domiciliares.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional