Campeonato Internacional de Pesca reúne 118 equipes

 Marcos Boaventura

  
Competição foi durante toda manhã, no rio Paraguai

Trezentas e trinta e seis pessoas participaram neste domingo, 11 de outubro, do XXVI Festival Internacional de Pesca Esportiva do Pantanal. Foram 118 equipes disputando um barco de 5 metros e um motor de 15 HP. Outra embarcação e motor foram sorteados entre os participantesOs três primeiros classificados também ganharam troféus estilizados, produzidos na Casa do Massa Barro. A largada foi dada às 08h30 e os pescadores tiveram até às 13 horas para fisgar as mais diversas espécies do rio Paraguai.

Seguindo as regras da competição, venceu a equipe que mais somou pontos durante as 5 horas de pescaria. Quem capturou exemplares de Jaú e Dourado recebeu 120 pontos por cada centímetro. Pintado, cachara e pacu valeram 100. Já o barbado valeu 50 pontos por centímetro.

Além da premiação por maior quantidade e valor da espécie, quem fisgasse o maior peixe ganharia um troféu. A equipe que conseguiu este feito foi a “Balança Mas Não Cai”. Eles fisgaram um barbado de 73 centímetros.

O primeiro lugar do XXVI Festival Internacional de Pesca Esportiva do Pantanal ficou com a equipe “Passargada”, formada por José Carlos e Ney Viana. A dupla marcou 16.440, pois fisgaram três dourados, uma das espécies de maior valor na competição. A equipe “Pimenta”, que marcou menos de 100 pontos do primeiro colocado, ficou em segundo lugar com 16.350. O terceiro colocado foi a equipe “São Pedro” que fez 10.450.

No sorteio, o barco e o motor ficaram com o “Credfácil”. Todos os peixes capturados foram devolvidos ao rio depois de serem medidos pelas equipes de apoio. Barcos do Exército, Marinha, Polícia Militar Ambiental e do Corpo de Bombeiros fizeram a segurança na água. O Festival Internacional de Pesca integra o Festival Pantanal das Águas.

Rodrigo Nascimento-Subsecretaria de Comunicação Institucional