Taques lança livro em homenagem a Manoel de Barros

 Gilson de Carvalho

  
Ruiter, Porto, Taques e Joel no lançamento do Vaso de Colher Chuvas

O livro “Vaso de Colher Chuvas”, do jornalista Luiz Taques, foi lançado na noite de ontem em Corumbá, durante ato no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez, como parte das comemorações do aniversário da cidade (completou 231 anos na segunda-feira, 21 de setembro), e das celebrações de inauguração do centro, ocorrida no domingo.

Corumbaense, Taques, em seu livro, faz um passeio “pelo mundo de Manoel de Barros”, segundo ele, resultado das muitas conversas com o poeta. Para ele, escrever o livro “foi uma homenagem a um grande amigo”, que sempre o surpreende pela “generosidade”.

O livro retrata os contos-reportagem escritos durante 12 anos, publicados no jornal Folha de Londrina e na Revista Caros Amigos entre os anos de 1995 e 2005. Hoje, Taques reside em Londrina e observa que “Vaso de Colher Chuvas” revela “impressões únicas do poeta indignado pela mesmice das palavras”.

O lançamento do livro contou com as presenças do secretário Carlos Porto, de Relações Institucionais, amigo particular de Taques, além da presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá, Ligia Maria Baruki e Melo, e da superintendente de Cultura, Heloisa Helena da Costa Urt. Presentes também, familiares e amigos do autor, como também do editor do livro, jornalista Joel Gehlen.

Carlos Porto representou o prefeito Ruiter Cunha que se encontrava em outro evento no Centro de Convenções. Ruiter, tão logo deixou o auditório Águas do Pantanal, palco da abertura do I Seminário sobre Abuso e Dependência de Drogas entre Crianças e Adolescentes, parabenizou o jornalista pelo trabalho e adquiriu dois exemplares, um para ele e outro para a primeira dama Beatriz Cavassa de Oliveira, secretaria especial de Integração das Políticas Sociais, autografados por Taques e pelo editor.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Social