No centro da cidade, Coral canta parabéns a Corumbá

 Gílson de Carvalho

  

 Apresentação integra calendário festivo dos 231 anos de Corumbá

Dando sequência às apresentações culturais em comemoração aos 231 anos de Corumbá, o Coral Cidade Branca se apresentou na noite desta terça-feira, 15 de setembro, em um dos trechos mais movimentados da cidade: a rua Dom Aquino, entre a Luiz Feitosa Rodrigues e a Firmo de Matos. “Desde a formação do Coral, em 2005, nós cantamos parabéns à nossa cidade em setembro”, lembrou o maestro Luciano Gibaile.

Ligada a Superintendência de Cultura, da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, o Coral trabalha a arte do canto com pessoas comuns, que buscam através da música uma melhor qualidade de vida. “Estamos com 30 integrantes, sendo que a maioria nunca cantou na vida. Nosso objetivo é justamente proporcionar esta opção”, disse Gibaile.

Democrático, o Coral é formado por pessoas das mais variadas faixas etárias. Lozenil de Jesus Gomes tem 70 anos e está no grupo desde sua fundação. “Eu adoro cantar. Este é meu sonho desde criança”, contou a aposentada. Empolgada por mais uma apresentação em público, ela disse não perder nenhum ensaio, que acontece duas vezes por semana na Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA).

Na noite de ontem, o palco foi improvisado em frente ao supermercado Panoff. A apresentação, composta exclusivamente por músicas regionais, encantou quem aproveitou a terça-feira para fazer compras. “É uma excelente opção cultural. Me surpreendeu este belo show de hoje”, disse David Soares, 36 anos.

Já o casal Maurício Moraes e Maria dos Santos Lima saiu de casa exclusivamente para acompanhar o coral. “Escutamos no rádio que seria aqui perto de casa e resolvemos vir assistir. É a primeira vez que os assisto e estou achando deslumbrando”, afirmou Moraes. “Foi uma noite muito boa, muito bonita”, completou Maria.

Ainda na noite de ontem, a banda Manoel Florêncio se apresentou na praça ao lado do Auditório Salomão Baruki, no bairro Universitário, e a Oficina de Dança na praça ao lado da escola José de Souza Damy, no Cristo Redentor. Hoje, quarta-feira, as apresentações acontecem no Anel Viário (Banda), no Arthur Marinho (Oficina) e na Previsul (Coral).


Rodrigo Nascimento-Subsecretaria de Comunicação Institucional