Prefeitura projeta implantação do CAT no Morro do Cruzeiro

 Clóvis Neto

  
Centro fortalece setor turístico de Corumbá

A Prefeitura de Corumbá já está formatando o projeto para colocar em funcionamento o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) no Morro do Cruzeiro. Os trabalhos estão sendo desenvolvidos pela Superintendência de Turismo, ligada à Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal da Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania, e faz parte de um programa de fortalecimento do setor turístico da cidade desenvolvido pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT).

O Centro de Atendimento vai funcionar em um prédio construído pela Prefeitura, ao lado da imagem do Cristo Rei do Pantanal, numa parceria com o Governo Federal. No local foram investidos R$ 192.040,33, sendo R$ 100 mil oriundos do Governo Federal, emenda parlamentar do ex-deputado federal petista João Grandão, e R$ 92.040,33 como contrapartida do município.

A prédio conta com 160 metros quadrados de área construída. São quatro blocos interligados por passarelas cobertas, adaptadas com equipamentos de acessibilidade para atender pessoas portadoras de deficiência. Um dos blocos será utilizado para reuniões, outro para atendimento ao turismo, além de uma cafeteria e banheiros masculino e feminino, além de um específico para portador de deficiência, bem como urbanização de toda a área.

Com o CAT, a Prefeitura pretende transformar o local em um ponto turístico, aproveitando a estrutura já existente como as 72 estátuas que compõem as 14 estações da Via Sacra, e a imagem de Cristo, com 12 metros de altura, todas construídas pela artista plástica Izulina Xavier.

A obra foi executada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Integrado, através da Secretaria Executiva de Infra-Estrutura e Serviços Públicos.

Os investimentos no setor turístico estão sendo apontados em Corumbá, como fundamentais para consolidar a cidade como um dos 65 destinos incluídos no Plano de Desenvolvimento do Turismo Nacional, o chamado PAC do Turismo. O CAT do Morro do Cruzeiro faz parte desta estratégia e possibilitará uma maior infraestrutura no local, para melhor atender ao turista.

Levantamento

Na manhã desta quarta-feira, a gestora de atividades turísticas da Superintendência de Turismo, Jessica Coimbra, iniciou levantamento de toda a estrutura do local, inclusive das imagens que compõem a Via Sacra, para elaboração de um projeto final, visando o funcionamento do CAT.

Segundo a gestora, o projeto passa inclusive por recuperação das estátuas, muitas delas danificadas por vândalos. “Estamos fazendo um levantamento minucioso, inclusive fotográfico, para definir uma estratégia de ação”, disse.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional