Hoje, é dia de ‘banhar’ São João no rio Paraguai, em Corumbá

 Arquivo

  
Banho do Santo acontece nas águas do rio Paraguai, no Porto

Terça-feira, 23 de junho. Hoje é dia do banho de São João nas águas do rio Paraguai. O ato, que simboliza o batismo do Santo, é apontado como o ponto alto do Arraial do Banho de São João, promovido pela Prefeitura Municipal de Corumbá, através da Secretaria de Promoção da Cidadania, por meio da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal. A festa começou no sábado e vai até amanhã, quarta-feira. Esta noite, a programação será aberta às 19h com uma missa em homenagem a São João, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária.

O destaque fica por conta da descida dos andores pela Ladeira Cunha e Cruz, para o banho (batismo) de São João nas águas do rio Paraguai. A previsão é que 105 famílias de festeiros façam o trajeto, mantendo assim, a tradição de Corumbá de ser detentora da melhor festa junina de Mato Grosso do Sul e de ser o único local do Brasil a banhar o Santo às margens de um rio.

A previsão é que milhares de pessoas passem pelo Porto Geral, dotado de barracas de quentão, arroz carreteiro, paçoca, e outros, típicos das festas juninas, embalados ao som da viola de cocho para a dança do siriri e cururu e da quadrilha, iluminados com fogos de artifício, shows musicais e muita alegria.

Logo após a  missa, acontece a descida do andor oficial da Prefeitura, que abre a cerimônia, com direito a içamento do mastro. É o momento em que a reza e as manifestações sacro-profanas cessam para se ouvir a viola-de-cocho e o ganzá na cantoria dos cururueiros, sob o comando do mestre Agripino Magalhães.

A manifestação cessa depois da meia-noite, com os devotos e os visitantes se deslocando para o palco, onde acontecem os shows. E esta noite, o espetáculo fica por conta da Banda Barra da Saia, que sobe ao palco logo após o show pirotécnico. Antes, tem apresentações de quadrilha, da Oficina de Dança, pau de sebo, queima de fogueira, muita comida e bebida típica, entre outros atrativos.