Brigada Ricardo Franco comemora 63 anos em Corumbá

 Prefeitura de Corumbá

  

 Cerimônia lembrou a instalação militar na fronteira oeste do Brasil

Solenidade militar comemorou os 63 anos da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, historicamente denominada “Brigada Ricardo Franco” em homenagem ao construtor de obras estratégicas para a defesa da Pátria, como o Forte Coimbra. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) acompanhou o ato militar ao lado do comandante do Comando Militar do Oeste (CMO), general-de-exército Renato Joaquim Ferrarezi.

A cerimônia durou cerca de 30 minutos e foi realizada no final da tarde desta terça-feira, 09 de junho, em frente ao quartel do comando da 18ª Brigada. Foram entregues diplomas de Amigos da Brigada a personalidades militares e civis que se destacaram na prestação de serviços ao Exército.

O prefeito Ruiter Cunha e os comandantes da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, general-de-brigada Roberto Jungthon, e do 6º Distrito Naval, contra-almirante Edlander Santos, acompanharam José Oliveira Belo, pentaneto do coronel Ricardo Franco, na colocação de um colar de flores no busto do militar e patrono da 18ª Brigada.

“A Brigada tem história aqui em Corumbá e está diretamente ligada à história da nossa cidade. Participou ativamente de muitas ações que contribuíram, significativamente, para a formação do Município”, declarou Ruiter após a cerimônia.

Por sua vez o general Jungthon afirmou que a data comemora a “riquíssima história” do Exército no Pantanal, suas parcerias e atos para “sempre superar as dificuldades”.

Fronteira

A unidade militar, com jurisdição em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, guarda uma fronteira de 1.650 quilômetros com a Bolívia e o Paraguai, do Guaporé a Foz do Apa. É composta por batalhões e companhias sediados em Corumbá, Forte Coimbra, Porto Murtinho e Cáceres (MT).

Em 1921 foi criada, com sede em Corumbá, a Brigada Mista e dela originou-se a 2ª Brigada Mista, em 12 de junho de 1946, para coordenar unidades e destacamentos de fronteira, revivendo a missão desempenhada pelo Comando da Fronteira Sul do Mato Grosso e pelo Distrito Militar do Baixo Paraguai.