Ruiter destaca trabalho social realizado pela Cidade Dom Bosco

Prefeitura de Corumbá

  
 Inauguração dos bustos do prefeito Ruiter Cunha e do Pe. Ernesto Sassida

O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PT), foi homenageado nesta manhã de sábado no Cenper (Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental). Um busto do chefe do executivo municipal, que foi o primeiro presidente da instituição, e do padre Ernesto Sassida, fundador da Cidade Dom Bosco, foram apresentados no evento. “O amor e a dedicação do padre Ernesto com o povo corumbaense, principalmente com a parcela mais carente da população, é um grande exemplo a ser seguido”, ressaltou Ruiter.

A solenidade também marcou a comemoração dos 150 anos da Congregação Salesiana em Corumbá e os 40 anos de sacerdócio do padre Osvaldo Scott. “Os salesianos são parceiros importantes no projeto de construir uma sociedade melhor, mais justa”, continuou o prefeito. Presente no evento, o deputado estadual Paulo Duarte (PT) lembrou da contribuição dos religiosos para o desenvolvimento de toda a região pantaneira.

A história de Corumbá não pode ser contada sem a lembrança da Cidade Dom Bosco e do padre Ernesto. O trabalho feito por ele para as nossas crianças e jovens foi e continua sendo marcante. Ele sempre atuou muito perto da comunidade e, na grande maioria das vezes, de forma anonima”, disse o parlamentar.Na ocasião, a atual presidente do Cenper e diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Lígia Baruki, lançou a terceira edição do projeto “A procura dos pequenos heróis e adolescente herói do Pantanal”. A iniciativa tem o objetivo de conscientizar as crianças e adolescentes a discernir o certo do errado e de resgatar os valores familiares.O secretário de Ações Sociais de Corumbá e presidente do Clube dos Amigos do Padre Ernesto, Lamartine de Figueiredo Costa, ressaltou a importância do momento. “É uma excelente hora para refletirmos e ver se podemos melhorar em algo em nossas vidas, seguindo o grande exemplo dado pelo padre Ernesto Sassida”, afirmou.Após a solenidade, todos participaram da inauguração da sede da União dos Ex-alunos da Cidade Dom Bosco. O local possuiu 8 salas e vai atender toda a comunidade que passou pelo colégio ao longo desses 48 anos. Cerca de 20 mil pessoas já estudaram na CDB, sendo que 4 mil já foram recadastrados. “Hoje é um dia de grande felicidade”, disse o padre Ernesto Sassida, idealizador e fundador da Cidade Dom Bosco. “Agora temos um local onde podemos reunir todos esses multiplicadores da doutrina de São João Bosco que passaram por aqui”, ressaltou. “Me considero realizado em vivenciar mais este momento”, completou Sassida.