Programação cultural marca semana do museu em Corumbá

 Arquivo

  
Muhpan abre portas para comemorar Semana do Museu

A cidade de Corumbá comemora de hoje, 17, até o dia 23 de maio, a Semana Nacional do Museu. As atividades acontecem no Muhpan (Museu de História do Pantanal) e é uma realização da Prefeitura Municipal de Corumbá, através da Fundação Especial de Cultura e Turismo, em parceria com o Ministério da Cultura, Departamento de Museus, Iphan e com a Fundação Barbosa Rodrigues. O evento é aberto ao público.

As comemorações começam com a exposição temporária “Pioneiros … história da atividade turística no Pantanal”. O acervo reúne registros fotográficos e jornalísticos das primeiras atividades turísticas implementadas no Pantanal desde a segunda metade da década de 1970. Hoje, pode ser visitada até às 13 horas. Nos demais dias da semana, das 13h às 18 horas.

Além da exposição, outros atrativos deste domingo são a apresentação musical com Tocadores de Viola de Cocho, primeiro patrimônio imaterial tombado pelo IPHAN no Mato Grosso do Sul, e a performance de danças populares, cururus e siriris com a Oficina de Dança do Pantanal, projeto da Prefeitura Municipal de Corumbá que oferece, gratuitamente, oficinas de danças a crianças e adolescentes.

Programada também a Sessão Corumbella com o documentário “Arqueologia de Mato Grosso do Sul”. O vídeo apresenta um panorama da arqueologia do Estado, de como se construiu o conhecimento sobre o passado pré-histórico e pré-colonial da região pantaneira e também a origem e o modo de ser dos caçadores/coletores e dos índios agricultores ceramistas.

Na segunda-feira, às 19h30, acontece mesa redonda com o tema “Turismo Cultural: um projeto possível e sustentável no Pantanal”. A professora Geane Mattos, coordenadora do Curso de Turismo da UCDB/Corumbá, e o professor Carlos Espíndola, da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá, participam da discussão.

No dia 23, das 13h às 17 horas, será realizada “Visita Encantada” com atores da Oficina de Teatro interpretando personagens da história local, esquecidos e silenciados pela historiografia “oficial”. Os personagens, caracterizados com figurino e maquiagem, surpreenderão os visitantes, durante o percurso de visitação, no circuito expositivo do museu. Toda a programação terá entrada gratuita.