Prefeitura define formato do Comitê de combate às queimadas

 Prefeitura de Corumbá

  

 Criação de Comitê foi definida após reunião do prefeito Ruiter Cunha com Ibama

A Prefeitura já trabalha na criação do Comitê Municipal de Combate aos Incêndios Florestais do Pantanal de Corumbá. A constituição do Comitê foi definida durante uma reunião do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) com o superintendente do Ibama de Mato Grosso do Sul, Davi Lourenço, no final da tarde desta terça-feira, 26 de maio.

Os detalhes para a formalização e instalação legal do Comitê Municipal foram discutidos na manhã desta quarta-feira, dia 27, pela secretária Executiva de Meio Ambiente, Luciene Deová; pelo gerente de Ações de Defesa Civil, capitão bombeiro Fábio Catarineli, e pelo coordenador Estadual do Prevfogo/MS, Márcio Yule.

Yule explicou que o Comitê é o “fórum local para discussão das ações de combate aos focos de incêndio”. Além disso, o órgão consultivo reunirá diversos segmentos sociais permitindo a definição de uma política específica para a realidade pantaneira, nessa área de prevenção. O Comitê cria ainda a possibilidade de articular com a Bolívia ações preventivas e conjuntas contra as queimadas.

No encontro, o coordenador do Prevfogo, informou que o Ibama já identificou 60 mil hectares de vegetação destruídos pelas queimadas no Pantanal de Corumbá. Os trabalhos da Força-Tarefa prosseguem com o apoio do helicóptero da instituição.

O Comitê Municipal de Combate aos Incêndios Florestais do Pantanal de Corumbá deverá contar com representantes da Prefeitura; Legislativo; Defesa Civil além de Associação Comercial; Sindicato Rural; Polícia Militar Ambiental; Corpo de Bombeiros; Conselho Municipal do Meio Ambiente; Organizações Não Governamentais; Embrapa e Universidades.

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira e o superintendente do Ibama, Davi Lourenço, decidiram pela implantação de brigadas de combate a incêndio; reforço ao efetivo que já atua na Força-Tarefa e também pela definição de uma política que garanta agilidade no combate a futuros focos de incêndio no Pantanal. A Prefeitura ainda vai garantir toda a logística necessária para o êxito da atual operação, que reúne Ibama; PMA; Ministério Público Estadual; Corpo de Bombeiros e a Secretaria Executiva de Meio Ambiente.

O prefeito afirmou ainda que é preciso “sensibilizar autoridades no sentido de disponibilizar para o Pantanal a mesma estrutura da Amazônia Legal”.