Corumbá ainda espera o verdadeiro Trem do Pantanal

 Divulgação

  
Trem do Pantanal volta aos trilhos mas sem Corumbá no trajeto

A capital do Pantanal, Corumbá, assiste com expectativa a volta do trem a Mato Grosso do Sul, com a viagem inaugural entre Campo Grande e Miranda, nesta sexta-feira, 8 de maio, que terá a presença dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil) e Fernando Lugo (Paraguai). A iniciativa merece reconhecimento, principalmente por significar o primeiro passo para concretizar um antigo sonho do povo sul-mato-grossense, a retomada de um veículo de transporte coletivo que tem importância econômica, histórica e cultural no Estado.

Para o povo de Corumbá, porém, o reinício do transporte de pessoas pela ferrovia ainda não significa a tão sonhada retomada do Trem do Pantanal. Para os corumbaenses, esse sonho só vai se concretizar quando o trajeto for até a capital do Pantanal.

O pensamento é que só assim o trem vai chegar de fato no cenário pantaneiro tão conhecido no mundo todo, graças às belezas naturais. Da mesma forma, apenas quando o trem chegar a Corumbá o viajante vai passar por trechos com relevante importância na história da ferrovia e da região, como a ponte de Porto Esperança, uma obra grandiosa que trouxe homens e mulheres de várias regiões do Brasil e de outros países para nossa terra.

Durante mais de 80 anos, o Trem do Pantanal fez sua travessia pantaneira pelo estado até a fronteira com a Bolívia. Mais que um veículo de transporte, se transformou em um ícone da economia e da cultura da região, tema de estudos e inspiração para os artistas. Em 1995, a privatização colocou fim à linha para os passageiros e, desde então, o povo corumbaense espera a volta do trem.

A Prefeitura de Corumbá partilha dessa expectativa e manifesta, nesse momento, a vontade do povo corumbaense de ver este desejo concretizado. “A viagem no trem faz parte da memória afetiva do corumbaense. Não é apenas um veículo de transporte ou um meio de trazer mais turistas. Ele só será
considerado o Trem do Pantanal quando chegar à nossa cidade”, afirma o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira.

Uma parte do caminho para alcançar o sonho já foi realizada e a cidade é grata por isso, afirma o prefeito. “Nós sabemos do carinho que o presidente Luiz Inácio lula da Silva com a região. Um exemplo são os recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que estão sendo usados para garantir moradia, saneamento básico, e urbanização, ou seja, melhoria da qualidade de vida para os moradores de Corumbá”.

Neste momento em que se comemorara a primeira etapa da retomada do trem de passageiros, o prefeito diz que Corumbá saúda a novidade, mas reforça que apenas quando a viagem chegar até Corumbá é que o viajante estará no verdadeiro Trem do Pantanal.

Nesta sexta-feira, Ruiter vai prestigiar a visita do presidente Luis Inácio Lula da Silva, que participará da viagem inaugural . O prefeito vai pedir o apoio do Presidente Lula,para que o trem chegue até Corumbá,cidade conhecida como a capital do pantanal.