Ruiter vê protagonismo de Corumbá no Festival América do Sul

 Prefeitura de Corumbá

  
Abertura foi ontem à noite e festival vai até domingo

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e o governador André Puccinelli (PMDB) fizeram a abertura da sexta edição do Festival América do Sul (FAS 2009) na noite desta quarta-feira, 29 de abril, na praça Generoso Ponce, na avenida General Rondon. Ruiter destacou que os cinco dias de evento transformam Corumbá na “capital cultural de Mato Grosso do Sul; do Centro-Oeste; do Brasil e da integração de toda a América Latina”.

Na avaliação do chefe do Executivo corumbaense, a manutenção da realização do Festival num “momento delicado da economia mundial” é um gesto “corajoso” e deixa claro que Governo do Estado e patrocinadores “reconheceram a importância do evento”.

Para Ruiter a sexta edição do FAS concretiza “o sonho iniciado lá em 2004” e que já se consolidou como “importante festa da cultura” que também agrega aos moradores a “oportunidade de emprego e geração de renda”.

De acordo com o prefeito Ruiter Cunha o Festival permite a Corumbá divulgar ampla e positivamente suas riquezas naturais e o patrimônio histórico. “Ficamos muito felizes em ser protagonistas desse encontro, que traz a mensagem positiva de integração e de harmonia entre os povos. E temos certeza que quem visita o Festival tem motivos para voltar e contemplar outras maravilhas de Corumbá”.

O chefe do Executivo corumbaense espera que este “grande encontro de nações alimente a alma” de todos que estão na cidade para desfrutar das atrações do sexto Festival América do Sul.

União de povos

Num breve discurso, André Puccinelli destacou que a “bela participação do povo corumbaense no Festival, fará um evento ainda melhor” e permitira a integração dos países irmãos. “A cultura une os povos”, disse.

Ainda durante a solenidade de abertura, Puccinelli confirmou a realização da sétima edição do FAZ em 2010 anunciando as datas do evento. “Será de 28 de abril a 02 de maio”, concluiu.

Depois de abrirem oficialmente o Festival, numa festa que terminou com queima de fogos de artifício, Ruiter e André inauguraram o Pavilhão dos Países, com mostra de artesanato.

Também participaram da cerimônia a primeira-dama e secretária Especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira; o vice-prefeito Ricardo Eboli; o prefeito de Ladário José Antônio Assad e Faria; o deputado estadual Antônio Carlos Arroyo; o secretário Estadual de Governo Osmar Jerônymo; o presidente da Fundação de Cultura de MS Américo Calheiros; o presidente da Câmara Municipal Antônio Galã; o secretário de Relações Institucionais Carlos Porto e demais autoridades civis e militares. O presidente do Memorial da América Latina, Fernando Lessa, e o gerente geral do Banco do Brasil de Corumbá, Carlos de Oliveira Souza, também participara da solenidade.

O 6º Festival América do Sul é uma realização do Governo de Mato Grosso do Sul e Prefeitura Municipal de Corumbá. É patrocinado pelo Governo Federal, por meio dos ministérios do Turismo e da Cultura, Banco do Brasil, Petrobras, SEBRAE, Natura e Fundação Nacional de Artes.