Ruiter abre campanha de vacinação contra gripe em ação social

 Prefeitura de Corumbá

  
Acompanhado da mãe e da avó, Ruiter abriu campanha de vacinação

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) abriu na manhã de hoje, no Estádio Arthur Marinho, a campanha de vacinação contra a gripe. Foi durante a realização da Ação Prefeito Presente, que marcou o Dia D de imunização nacional. O chefe do executivo corumbaense estava acompanhado de sua mãe, Leir Cunha de Oliveira, e sua avó, Marfisa Alves da Cunha,  e destacou a importância do ato, como uma forma de reduzir os casos de gripe e as complicações decorrentes dessa doença entre os idosos.

Além do posto de vacinação montado no Arthur Marinho, a Prefeitura, este ano, através da Secretaria Executiva de Saúde Pública, montou outros 11 locais para imunização da população neste Dia D, Breno de Medeiros (Popular Velha), Dom Bosco (bairro Dom Bosco), Fernando Moutinho (Cristo Redentor), Paulo Maissato (Nova Corumbá), Gastão de Oliveira (Maria Leite), Kadwéus (Kadwéus), São Bartolomeu (Guarani), Aeroporto, Popular Velha, Ladeira Cunha e Cruz e Centro Integrado de Saúde, os dois no centro da cidade.

Este ano, a meta é imunizar 8.367 pessoas. A partir de segunda-feira, até 8 de maio, outras quatro unidades de saúde também estarão com a vacina à disposição da comunidade: Ênio Cunha (Cervejaria), José Fragelli (Aeroporto) e Unidades Básicas de Saúde da Família do Mato Grande (Mato Grande, Albuquerque, Maria Coelho e Urucum) e Taquaral (Taquaral, Tamarineiro I e II Sul).

O enfermeiro Wangley Bento de Campos, coordenador de imunização da Prefeitura, explicou que a imunização é oferecida gratuitamente. “Além de proteger o idoso da gripe, a vacina evita complicações em outros problemas de saúde, como aqueles ligados ao coração, pulmão e rim”. Informou ainda que, em caso de pessoas em tratamento, é importante, antes de se vacinar, consultar o médico. Quem estiver gripado ou com febre, deve aguardar melhora do quadro, para receber a dose.

Segundo Wangley, a partir de segunda-feira, a imunização acontece em todas as 15 unidades. Na área rural cita que o trabalho será feito pelas equipes do Estratégia de Saúde da Família, obedecendo assim, o cronograma de atendimento de cada uma.

Já na região ribeirinha, a imunização acontecerá com apoio da Marinha do Brasil, na primeira operação Aciso que a instituição militar realizar. Na Aldeia Uberaba, onde vive a comunidade Guató, a campanha estará a cargo da Fundação Nacional da Saúde. Em regiões de difícil acesso, a Prefeitura, mais uma vez, utilizará helicóptero da Marinha ou mesmo da Força Aérea Brasileira. São áreas que o acesso acontece somente pelo ar.