Prefeitura reforça mutirão de limpeza com mais 80 homens

 Arquivo PMC

  
Limpeza faz parte dos trabalhos de combate à dengue

A Prefeitura Municipal de Corumbá intensificou o trabalho de limpeza na área central e nos bairros da cidade. Até o final desta semana, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável terá contratado mais 80 pessoas para o trabalho de capinação, limpeza, poda e coleta de lixo pesado das ruas e calçadas, garantindo mais agilidade e rapidez na ação.

“Grande parte desses trabalhadores foram capacitadas pelo projeto ‘Se Essa Rua Fosse Minha’ e ainda não tinham conseguido colocação no mercado de trabalho. Além de agilizar o processo de limpeza, estamos também dando uma oportunidade de emprego a essa parte da população”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável, Haroldo Waltencyr Ribeiro Cavassa.

Haroldo explicou que o mutirão é feito simultaneamente em diferentes regiões, seguindo o cronograma traçado pelos agentes de saúde do Município. No Previsul e no Aeroporto, o trabalho já foi praticamente concluído. Na próxima semana, a ação chega aos bairros Cristo Redentor, Vitória Régia, Cravo Vermelho e Nova Corumbá.

Nesta etapa, a Prefeitura se concentra na limpeza das ruas e calçadas. Nos terrenos, a responsabilidade é do proprietário, que pode ser responsabilizado caso não tome providências. “Vale ressaltar que estamos recolhendo apenas lixo pesado”, disse Cavassa.

Em todo o município, mais de 120 donos de terrenos já foram notificados. “O ponto positivo é que a grande parte está cumprindo as notificações e fazendo a limpeza desses locais. Só quem descumpre o prazo determinado na notificação é multado”, afirmou a gerente de Vigilância em Saúde de Corumbá, Viviane Ametlla.

As notificações são aplicadas pela Vigilância Sanitária, que faz o levantamento desses terrenos através de informações recebidas dos agentes de saúde e do Disque Dengue. Dados da Secretaria Executiva de Saúde apontam que aproximadamente 90% das pessoas denunciadas através do 0800 647 2255, cumprem as orientações, após notificadas, realizando limpeza de seus terrenos ou mesmo quintais que apresentam focos do transmissor da dengue.

Cooperação

O secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável pediu a colaboração da população para manter a cidade limpa. “Um dos maiores problemas que estamos encontrando em alguns bairros é a falta de conscientização dos próprios moradores, que continuam despejando lixo nos locais onde acabamos de executar a limpeza”, afirmou Haroldo.

Para combater esse mau-hábito por parte da população, o Município estuda a implantação de um 0800 para que sejam feitas denúncias contra quem prejudica o trabalho que vem sendo realizado. “Pedimos à população que se engaje nesta campanha conosco. É o acumulo desde material que provoca doenças como a dengue”, continuou o secretário.