La Secreta traz o rock folclórico paraguaio para o Festival

La Secreta se apresenta nesta quinta-feira, 30, segundo dia de festival da 6ª edição do Festival da América do Sul. O show acontece às 20h50 no Palco Brasil, montado na Praça Generoso Ponce, em Corumbá.

A história de “La secreta” começa no inicío de 2004, quando Mike Cardozo, Sergio “Banana” Pereira e Ariel Burgos entram em estúdio para gravar seu primeiro CD, “Grátis es mas Rico” composto por canções próprias com estilo musical folclórico e rock. Repassando o CD de mão a mão de forma gratuita, a banda conseguiu rápida repercussão nacional e no fim daquele ano já encerravam o show em tributo ao guitarrista do “The Police”, Andy Summers, que visitava o Paraguai naqueles dias. Dali em diante, uma serie de inesquecíveis apresentações fariam parte da rica carreira do grupo.

Entre alguns memoráveis shows de “La Secreta”, foi o que a banda compartilhou o palco com grupos internacionais como “Árbol” e “Catupecu Machu”. Também se destaca a participação do grupo na primeira edicão do Palermo Fashion Rock onde se apresentaram junto com o grupo argentino “Babasonicos”. E sem dúvida alguma, uma de suas apresentações mais importantes foi quando dividiram o palco com a cantora brasileira Gal Cosa, no Banco Central do Paraguai, abrindo o espetáculo.

Em 2005 “La Secreta” entra em estúdio pela segunda vez, agora com o selo da Kamikase Records e gravam o material “Alma de Cuero”, gravado no transcurso desse ano. O disco conta com onze composições novas e quatro versões das já conhecidas, entre elas, “Soldados”, “Loko”, “Pálido Instante” e “Mirando el Río”, pertencentes ao primeiro trabalho. Inclusive também duas faixas bônus: a mítica “Jodete” e “Zoológicos y Banderas”, que foram gravadas no Limbo Estudios. Para o festival de Pilsen Rock, o grupo apresentou canções do primeiro e segundo disco. “La Secreta” é integrada por Ariel Burgos no contra-baixo, Sergio Pereira na voz principal, Mike Cardozo na guitarra e segunda voz, Alejo Jiménez na guitarra flamenca e Daniel Pavetti na percussão.

Em 2008, La Secreta começa a gravação de seu último trabalho discográfico “Demasiado”; o qual foi convidado por Juan Cancio. Em 2009, festejaram o aniversário do maestro guitarrista Efren Echeverría no teatro municipal lotado. Tocaram temas de seu repertorio intercalado com populares temas de Efren como “Jagua i Karé” e “Ryguazú Cocoré”. Provavelmente Efron também toque como convidado no novo material de “La Secreta”.

O show que o grupo oferece se baseia em temas que utilizam o ritmo de 6 x 8 característico do Paraguai, deixando bem claro a nova tendência da música moderna paraguaia. Todos os temas são de própria autoria da banda. (Assessoria FAS)