Em Corumbá professor tem piso maior que o nacional

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira PT) anunciou, no início deste mês, piso de R$ 1.000 para o professor com carga de 20 horas/aula, sem contar as vantagens estabelecidas pela regência. Assim, o piso salarial dos professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Corumbá supera o valor do piso nacional. O piso nacional é de R$ 950 para carga de 40 horas semanais.

O secretário Executivo de Educação, Hélio de Lima, explicou que se o profissional trabalha em escola da zona rural ou da região das águas o vencimento recebe incremento de 25% em função do difícil acesso. “Estamos de fato acima do piso nacional e somos o melhor salário do Estado”, afirmou o secretário.

Lima destacou ainda que a Prefeitura de Corumbá ainda tem a preocupação de investir na capacitação de seus profissionais, promovendo periodicamente a formação continuada dos professores, em todas as áreas de conhecimento. Também são investidos recursos em reformas e ampliação de escolas. No início de abril o prefeito Ruiter Cunha lançou o programa “Educação – Investimentos e Perspectivas 2009”, que prevê investimentos de R$ 8,1 milhões na Educação Pública corumbaense.

Hélio de Lima destacou ainda que o prefeito Ruiter investe na implantação da Escola em Período Integral a partir de 2010. Inicialmente, treze escolas da Reme já foram credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC).

O secretário informou que adesão dos professores da Reme à paralisação nacional em defesa do piso salarial, nesta sexta-feira, dia 24, foi em solidariedade à categoria. As aulas serão repostas.