Elza Soares faz público dançar na primeira noite do festival

 Prefeitura de Corumbá

  
Show de Elza Soares atraiu grande público na praça

Começou com um baile. Alguns passos tímidos, as pessoas vão se ambientando, até que todo mundo se solta, para cantar, dançar e bagunçar com Elza Soares no show de abertura do 6º Festival América do Sul. “Vamos ter uma noite inesquecível, mais devagar no começo até a coisa esquentar”, convidou a cantora no início da apresentação.

Conhecida intérprete de sambas, Elza trouxe para Corumbá um show diferente e curioso. Com a ajuda do DJ Muralha, a cantora deu novo gás para músicas como “Mas que nada”, de Sérgio Mendes, “W/Brasil”, de Jorge Ben Jor, e “Réu Confesso”, de Tim Maia.

A “brincadeira” misturou ritmos como tango, jazz, blues, funk e rap. Elza mostrou cantigas de roda, marchinhas de Carnaval e em certo momento, transformou o palco em um cabaré, sentada em uma cadeira e balançando sem parar a cabeleira vermelha.

Durante os 70 minutos do show, a cantora pulou, dançou, requebrou e provou que idade não impede a diversão. “Estava com saudades de vocês, dessa terra onde sempre sou bem tratada. Agora, posso me divertir junto com todo mundo, posso?”, questionou ela, recebendo palmas e assobios como resposta.

Em 2007, a cantora lançou o DVD “Beba-me”, gravando músicas de compositores como Zé Kéti e Vazolini. Na primeira noite do 6º Festival América do Sul, Elza Soares embriagou a plateia com seu “novo samba”, com doses de irreverência, sensualidade e vivacidade, elementos que sempre pontuaram sua carreira.

Agenda

Dos artistas nacionais que se apresentam em Corumbá, nesta quinta-feira (30) será o cantor maranhense Zeca Baleiro; na sexta (1º), Maria Rita traz seu samba; os Paralamas do Sucesso mostram seu rock no sábado (2) e Luiz Melodia finaliza a sexta edição no domingo (3). (FAS)