Corumbá disponibiliza 15 postos de vacinação contra gripe

 Prefeitura de Corumbá

  
Campanha começou sábado e vai até dia 8 de maio

A Prefeitura Municipal está com 15 unidades de saúde envolvidas na campanha de vacinação contra a gripe. A abertura foi no sábado, durante a Ação Prefeito Presente no Estádio Arthur Marinho. De hoje, 27 de abril, até 8 de maio, a imunização prossegue na região e a meta é imunizar 8.367 pessoas a partir de 60 anos. Somente na área urbana, a dose pode ser encontrada em 13 postos. Na área rural, o trabalho será feito pelas equipes do Estratégia de Saúde da Família das unidades básicas do Mato Grande (Mato Grande, Albuquerque, Maria Coelho e Urucum) e Taquaral (Taquaral, Tamarineiro I e II Sul).

Além destas duas unidades, estão engajadas na campanha as unidades de saúde Breno de Medeiros (Popular Velha), Dom Bosco (bairro Dom Bosco), Fernando Moutinho (Cristo Redentor), Paulo Maissato (Nova Corumbá), Gastão de Oliveira (Maria Leite), Kadwéus (Kadwéus), São Bartolomeu (Guarani), Aeroporto, Popular Velha, Ênio Cunha (Cervejaria), José Fragelli (Universitário), Ladeira Cunha e Cruz e Centro Integrado de Saúde, os dois no centro da cidade.

Segundo o coordenador de imunização da Secretaria Executiva de Saúde Pública, Wangley Bento de Campos, a imunização na zona rural atenderá cronograma das equipes de Saúde da Família do Mato Grande e do Taquaral, que atendem as regiões do Mato Grande, Albuquerque, Masria Coelho, Urucum, Taquaral e Tamarineiro I e II sul).

Na região ribeirinha, a imunização acontecerá com apoio da Marinha do Brasil, na primeira operação Aciso que a instituição militar realizar. Na Aldeia Uberaba, onde vive a comunidade Guató, a campanha estará a cargo da Fundação Nacional da Saúde. Em áreas de difícil acesso, a campanha acontecerá com auxílio de helicóptero.

Para se imunizar, todas as pessoas deverão estar com a carteira de vacinação, para saber se estão em dia com as demais vacinas, também disponibilizadas nos centros de saúde, como contra febre amarela e tétano.

A campanha é específica para quem tem 60 anos ou mais. A imunização é oferecida gratuitamente. Além de proteger o idoso da gripe, a vacina evita complicações em outros problemas de saúde, como aqueles ligados ao coração, pulmão e rim.

Em caso de pessoas em tratamento, é importante, antes de se vacinar, consultar o médico. Quem estiver gripado ou com febre, deve aguardar melhora do quadro, para receber a dose.

No caso de pessoas enfermas, acamadas, a Saúde Pública informa que há necessidade de uma pessoa da família procurar a unidade de saúde da região e agendar a visita de um vacinador. Neste caso, a dose será aplicada na própria residência.